Bauru

Economia & Negócios

Nubank recebe US$ 500 milhões de fundo de Warren Buffet

Com novos investimentos de US$ 750 milhões, fintech afirma ter se tornado o banco digital mais valioso do mundo

por FolhaPress

08/06/2021 - 14h21

Reuters

Fachada do Nubank, em São Paulo (SP)

O banco digital Nubank anunciou nesta terça-feira (8) a extensão de uma rodada de investimentos da ordem de US$ 750 milhões (R$ 3,787 bilhões). O principal aporte, de US$ 500 milhões (R$ 2,525 bilhões), vem da Berkshire Hathaway, fundo do megainvestidor americano Warren Buffett.

"Novos investidores, como a Berkshire Hathaway, nos ajudam a acelerar a nossa missão de desburocratizar a vida das pessoas na América Latina", informou o Nubank, em comunicado. De acordo com a instituição, os novos investimentos colocam a fintech como "o banco digital mais valioso do mundo e uma das maiores instituições financeiras da América Latina".

Os investimentos integram a Série G, uma rodada iniciada em janeiro, com a captação de US$ 400 milhões (R$ 2,020 bilhões). O segundo aporte anunciado hoje, de US$ 250 milhões (R$ 1,262 bilhão), vem de um grupo de fundos que inclui antigos investidores. Com os novos aportes, a rodada soma agora US$ 1,15 bilhão (R$ 5,806 bilhões) em investimentos.

"A série passa a ser a maior rodada de investimento já realizada por uma empresa de tecnologia privada da América Latina", diz o banco. "Estamos muito animados em anunciar estas novidades pois, com elas, a gente vai poder acelerar ainda mais nossa expansão internacional", diz a fintech, em comunicado.

O Nubank afirma que, em oito anos, desde a sua fundação, se tornou o maior banco digital do mundo em número de clientes, que somam 40 milhões. Nos cinco primeiros meses do ano, recebeu mais de 45 mil novos clientes por dia.

Agora, diz a fintech, a operação entra em um novo momento de desenvolvimento, mais amadurecido. Houve a expansão da oferta de cartão de crédito para uma plataforma bancária digital completa, com um portfólio que inclui empréstimo pessoal, produtos de investimentos (fundos da própria plataforma ou da corretora digital Easynvest, adquirida em 2020), seguro de vida, produtos para microempreendedores, além de serviços de pagamentos instantâneo.

"Nubank concentra cerca de um quarto de todas as transferências Pix do país", afirma.

Ler matéria completa