Bauru

Economia & Negócios

Prefeitura apresenta valor da tarifa de ônibus circular de R$ 4,85 em reunião

Informação foi dada na noite desta quarta-feira (12), durante reunião com Conselho dos Usuários de Transporte, na Emdurb

por Tânia Morbi

13/01/2022 - 05h00

Divulgação

Reunião do presidente da Emdurb, Luiz Carlos Valle, com o Conselho de Usuários de Transporte Coletivo, realizada ontem à noite

Em reunião na noite desta quarta-feira (12), a Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano e Rural de Bauru (Emdurb) apresentou, em nome da Prefeitura de Bauru, proposta para os novos percentuais de reajuste da tarifa do transporte coletivo urbano, fixando o valor em R$ 4,85 para os passageiros comuns e em R$ 2,43 para o transporte de estudantes. O anúncio foi feito pelo presidente da Emdurb, Luiz Carlos Valle, aos integrantes do Conselho dos Usuários de Transporte de Passageiros do Município de Bauru, durante reunião extraordinária convocada pela prefeita Suéllen Rosim (Patriota). O valor representa cerca de 15% a mais do que a atual tarifa, que está em R$ 4,20. O novo valor, se confirmado hoje pela prefeita, deve entrar em vigor após publicação de decreto de Suéllen Rosim no Diário Oficial do município.

Além de anunciar o possível novo valor da tarifa do transporte, o presidente da Emdurb também informou, durante a reunião, que um acordo foi fechado entre a prefeitura e a Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Bauru (Transurb) para pôr fim à ação que era movida pelas empresas que fazem o transporte, devido à falta de correção da tarifa pelos dois últimos anos. Com a homologação do acordo, a ação deve ser suspensa.

Na última segunda-feira (10), conselheiros e o presidente da Emdurb já haviam se reunido, também a pedido da prefeita, com os representantes da Transurb, quando foi apresentada a proposta das empresas, pela qual a tarifa passaria a R$ 5,01 para passageiros comuns.

Após estabelecido o novo preço da passagem dos ônibus circulares de Bauru e com a informação de que as empresas já aceitaram a proposta da prefeitura, os conselheiros decidiram cancelar a reunião que fariam no próximo dia 17 para tratar do assunto. Sobre a decisão desta terça, houve posições divergentes entre os conselheiros, mas como o órgão é apenas consultivo, sem poder de deliberar a respeito, foi feita uma ata da reunião, acatando a decisão da prefeitura.

A reportagem procurou as assessorias de imprensa da prefeitura e da Emdurb, mas a informação é de que a decisão seria comentada apenas nesta quinta-feira (13).

Ler matéria completa

×