Bauru

Economia & Negócios

Velocidade do 5G tem tempo de resposta de 4G

O 5G puro começou a operar em São Paulo nesta quinta (4)

por Gustavo Soares, FolhaPress

04/08/2022 - 18h09

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Digital Day, exposição de tecnologia 5G, acontece no Salão Negro do Congresso Nacional

São Paulo - O 5G puro começou a operar em São Paulo nesta quinta (4), nove meses depois do leilão das faixas de frequência. Enquanto a versão anterior oferecia um desempenho parecido com o 4G, ou até pior, a atual mostra avanço e já entrega parte do que a tecnologia promete oferecer nos próximos anos.

Em teste feito com um Samsung Galaxy A33 5G, a velocidade de download máxima atingida pelo 5G da Vivo foi de 400 Mbps. Da TIM, foi de 200 Mbps.

Essa taxa determina o tempo que dados levam para ser descarregados da internet, como uma playlist do Spotify e um filme da Netflix. Antes do 5G puro ser ativado, à 0h desta quinta (4), o celular levou cerca de dois minutos para baixar o filme "Agente Oculto" do streaming. Após a ativação, o tempo foi reduzido para 18 segundos.

No teste do 5G impuro, feito em junho, a velocidade de download da Vivo chegou a 36,4 Mbps, valor abaixo até mesmo do esperado para o 4G, de 100 Mbps. O aumento para 400 Mbps, mais de dez vezes, é significativo.

PRECISA MELHORAR

O 5G "puro" promete uma velocidade média de 1 Gbps (gigabit por segundo), dez vezes maior que a geração anterior, podendo chegar a 20 Gbps. Ou seja, a velocidade observada nos testes é alta, mas deve melhorar.

Hoje, planos mais populares de internet banda larga com fibra ótica entregam velocidades semelhantes, entre 100 a 500 Mbps. A diferença é que ainda são uma solução mais barata e estável.

Contudo, para o consumidor médio, o 4G já atende bem atividades de entretenimento, trabalho e educação. O 5G, associado ao aumento da produtividade da indústria, do agronegócio, da saúde e outros setores, requer, além de velocidades maiores, latência mínima.

Mas, nos testes, a latência ainda não tem a cara de uma nova geração. O menor valor alcançado foi de 13 ms (milissegundos), enquanto a promessa da tecnologia é entregar latência até 1 ms.

Ler matéria completa

×