Bauru e grande região

Esportes

Copa Paulista: rasgando o verbo

Técnico Edinho Machado e parte do elenco não economizam nas críticas

por Thiago Navarro

05/08/2013 - 05h00

 João Rosan/Arquivo JC

BASTA! – Ao final de mais um jogo sem vitória, treinador Edinho Machado soltou o verbo: ‘O problema não sou eu’

Logo após o empate em Franca, o técnico Edinho Machado foi direto, em entrevista às rádios Auri-Verde e 87FM/Jornada Esportiva: “Talvez, em detrimento ao meu nome, ao que fiz no futebol, estou lançando alguns jogadores. Mas tem jogador que está na hora de ir estudar e deixar o futebol. Jogador jovem que teve oportunidade e entrou em campo morto. Não podemos dar mais desculpas. Os atletas precisam dar algo mais”, desabafou.

Em seguida, o treinador noroestino pediu mais empenho. “Você vê jogo de várzea, os atletas tomam sua cerveja, vão jogar e dão o máximo. O DM (do Noroeste) está cheio, e vou falar uma coisa forte aqui: alguns atletas, para mim, não têm nada. Isso é falta de profissionalismo. O problema não sou eu. Temos que tomar uma decisão nesta semana, de cabeça fria. A cada jogo que passa, temos que vencer e não vencemos, temos que vencer e não vencemos...”, disse Machado, que foi expulso no final do segundo tempo após reclamar da arbitragem, que também expulsou o zagueiro Hugo.

“Cabe à diretoria decidir o que deve ser feito. Eu entendo que o problema não sou eu, mas se o entendimento for o contrário, seguirei meu trabalho em outro lugar. Mas acredito que realmente não seja comigo o problema. Nesta semana algumas decisões precisam ser tomadas”, concluiu.

Diretoria

Em entrevista à Rádio 87 FM/Jornada Esportiva, o gerente de futebol Josimar Higino reiterou que algumas providências precisam ser tomadas nos próximos dias. “No futebol, sempre tem alguns probleminhas para resolver. Essa semana esperamos solucionar isso e ter mais tranquilidade”.


Atletas cobram postura

Na saída do gramado do Estádio Lancha Filho, os jogadores lamentaram o gol sofrido no final. “É complicado, a gente fez o mais difícil, que era sair na frente fora de casa, e em uma bobeira levamos o empate”, cita o atacante Cleberson. “Trabalhamos para isso não acontecer, tentamos sair com o resultado, mas não deu. Pelo menos a postura do time está mudando”, disse o zagueiro Alex Bacci.

“A gente sabia que o time deles ia se lançar ao ataque. Faltou a gente prender mais a bola. Vamos trabalhar nesta semana e contar com o reforço de alguns atletas que estão fora para buscar o resultado em casa na próxima rodada”, finalizou o goleiro Yuri.