Bauru e grande região

Esportes

Conselho de Esportes define distribuição de verba

por Thiago Navarro

28/04/2017 - 07h00

Em reunião na noite de anteontem, no Palácio das Cerejeiras, o Conselho Municipal de Esportes definiu a divisão da verba do Fundo Municipal de Desenvolvimento Esportivo em 2017 (veja quadro ao lado). O projeto agora será remetido à Prefeitura de Bauru, onde deve passar pelas Secretarias de Negócios Jurídicos e de Finanças, além do Gabinete do prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD).

Em seguida, precisa passar pela Câmara Municipal, onde será submetido às Comissões Permanentes, como Justiça, Economia e Esportes. Se liberado em todas, vai a votação em dois turnos no plenário, e caso aprovada no Legislativo e sancionada pelo prefeito, torna-se lei, permitindo a distribuição dos recursos às modalidades.

As entidades cadastraram os projetos, que foram analisados pela Semel, e em última instância submetidos ao Conselho de Esportes, órgão que tem a prerrogativa de dar a palavra final na divisão da verba. O Fundo é mantido com dotação orçamentária do próprio município. O presidente do Conselho, Delfino Del Rey Júnior, explica que além de ratear a verba, o órgão precisa fiscalizar a aplicação.

"Neste ano, tivemos muito critério para fazer a divisão por modalidade, conforme a meta de atendimento de cada. Além disso, a fiscalização será mais intensa. Conselheiros vão fazer visitas surpresa nos treinos, sem comunicação prévia, para saber como está o andamento dos trabalhos e a utilização dos recursos", menciona.

USO DA VERBA

Em relação à verba, neste ano o Fundo conta com R$ 718 mil, valor R$ 50 mil menor em comparação com 2016, quando o montante era de R$ 768 mil. O número de modalidades contempladas também caiu. Delfino explica que as modalidades podem usar o dinheiro do Fundo para viagens, alimentação, pagamento de taxas de inscrição ou arbitragem e aquisição de material esportivo (como bolas, raquetes, uniformes). Por outro lado, o recurso não pode custear salários, aluguéis e contas de água, luz ou impostos, por exemplo.

Além disso, a entidade beneficiada deverá ceder atletas para as disputas de Jogos Regionais e Abertos, representando a cidade de Bauru, e divulgar de alguma forma que recebem o dinheiro público. O Conselho Municipal de Esportes se reúne uma vez por mês, sendo encarregado de fiscalizar o andamento das atividades.