Bauru e grande região

Esportes

Pedrinho garante motivação no Corinthians

Jogador diz não ter ofertas de fora

por JCNET

14/08/2019 - 06h00

Peter Leone/O Fotográfico/AE

Pedrinho afirma ter recebido apenas sondagens de times da Europa

O atacante Pedrinho tem sido um dos protagonistas do Corinthians desde o término da intertemporada. Ao lado de Fagner, tornou o setor direito a principal arma de ataque do time. Nesta terça-feira (13), o jogador concedeu entrevista coletiva, comentou sobre o bom momento e a possibilidade de uma transferência para o futebol europeu.

"Nunca tive escolhas na minha vida, sempre coloquei nas mãos de Deus, independentemente do país ou da liga, o que Deus proporcionar é o melhor", disse. O jogador foi sondado por diversos clubes europeus nos últimos meses, como Barcelona, Borussia Dortmund e Arsenal.

Ele nega que tenha chegado alguma proposta. "Não recebi proposta alguma, não fiquei sabendo de nada, creio que só foram sondagens, sei que o tempo que ficar no Corinthians vou dar o meu máximo, meu empresário não me falou nada se teria agora ou no final do ano. Tenho certeza que vou ficar o máximo de tempo aqui no Corinthians para dar alegria à torcida."

Enquanto os campeonatos de clubes pararam por causa da Copa América, Pedrinho viajou com a Seleção Brasileira sub-23 para a disputa do Torneio Maurice Rivello (antigo Torneio de Toulon), na França. Foi a primeira competição que ele participou representando o País. O jogador corintiano foi titular na disputa se sagrou campeão.

Para ele, a experiência trouxe mais confiança no retorno ao clube. "Falei antes de ir que alguns clubes não estavam liberando jogadores, mas seria importante para a gente, principalmente para mim, já que foi minha primeira convocação. A gente fez grandes jogos, pôde ser campeão, e isso ajudou na confiança. Isso foi um ponto crucial, ir para a Seleção e voltar bem para dar sequência no trabalho."

O bom momento é também um motivo para pensar duas vezes antes de aceitar uma proposta para o exterior. "Aumenta o desejo de ficar, a gente sabe que pode ajudar mais a equipe. Eu venho trabalhando para isso, cada vez mais me tornar o jogador que sonhei. Fico feliz de estar tendo essas oportunidades, espero ajudar ao máximo."

Pedrinho e o restante do elenco terão a semana livre para treinar. O Corinthians só volta a campo no sábado, às 17h, quando enfrentará o Botafogo, em Itaquera, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time tentará manter a série invicta de oito jogos, com cinco vitórias e três empates.

"Ter essa parada foi crucial, o Carille já tinha dito que seria importante, ele está cumprindo com o que falou. Quando a gente se acostuma a ganhar, não quer perder esse gosto. A equipe está querendo crescer junto, não tem ninguém egoísta", conclui.

 

Corinthians diz ter acordo por dívida de estádio

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou na noite desta segunda-feira (12), durante reunião do Conselho Deliberativo, no Parque São Jorge, que o clube chegou a um acordo com a Odebrecht para diminuir a dívida total pela construção da arena em Itaquera.

O mandatário confirmou à reportagem que informou aos conselheiros que a dívida atual com a construtora será de R$ 160 milhões. Segundo Sanchez, o acordo deverá ser assinado em até duas semanas. Ele não detalhou em quantas parcelas o montante será pago.

Questionada pela reportagem, a Odebrecht não confirmou os valores citados pelo presidente do Corinthians. "A Odebrecht reforça que continua mantendo conversas construtivas com o clube em busca de uma solução que atenda à expectativa de ambas as partes", informou a construtora, em nota.

Além do débito com a empreiteira, o clube paga o financiamento feito junto ao BNDES com aval da Caixa, que atualmente está em R$ 470 milhões. O valor informado por Andrés na reunião no Parque São Jorge é um quinto do que a Odebrecht estimava receber. A empresa calcula ter direito a cerca de R$ 800 milhões.

O Corinthians contesta o valor cobrado pela empreiteira. Alega que partes da obra da arena não foram feitas. A construtora diz que fez tudo.

Ler matéria completa