Bauru e grande região

Esportes

Contra Goiás, Santos aposta em trio de atacantes

Time está em boa fase e embalado por uma série de três vitórias consecutivas

09/11/2019 - 06h00

Guilherme Dionízio/Estadão Conteúdo

O técnico Jorge Sampaoli, do Santos

Em boa fase no Campeonato Brasileiro e embalado por uma série de três vitórias consecutivas, o Santos visita o Goiás, neste sábado (9), às 17h, no Serra Dourada, apostando nos gols do trio de atacantes que conquistou a titularidade e a confiança do técnico Jorge Sampaoli.

A atual sequência de triunfos, a segunda maior do Santos nesta edição do Brasileirão, tem com uma das suas coincidências a presença de Eduardo Sasha, Marinho e Soteldo, juntos, no ataque. E foram deles seis dos sete gols marcados pelo time diante de Bahia, Botafogo e Ceará.

Por isso, mesmo que Sampaoli tenha o costume de alterar as escalações do Santos entre uma partida e outra, eles deverão ser mantidos no time para o duelo com o Goiás. Para essa decisão, também pesa a regularidade desses atacantes, responsáveis por 23 dos 45 gols marcados pela equipe no Brasileirão.

Entre eles, o principal destaque vem sendo Sasha, com 12 gols marcados em 30 jogos, o que o deixa em terceiro lugar na relação de artilheiros da competição, atrás apenas dos flamenguistas Gabriel e Bruno Henrique. E somados aos seis gols de Soteldo e aos cinco de Marinho, ficam bem à frente de Derlis Gonzalez, Uribe, Lucas Venuto e Taílson na preferência de Sampaoli.

O trio ofensivo não será alterado, mas o Santos terá, novamente, novidades na escalação para encarar o Goiás. Como Gustavo Henrique foi expulso na vitória de quarta-feira (6) sobre o Avaí, o treinador precisará escolher outro zagueiro para atuar ao lado de Lucas Veríssimo. E o favorito a atuar no Serra Dourada é Luiz Felipe.

Sem um dos pilares do seu sistema defensivo, Sampaoli deve até deixar de lado o seu sistema tático preferido para jogos como visitante. Afinal, em 12 das 16 partidas que fez fora de casa, escalou o Santos com três zagueiros, algo que não deverá repetir em Goiânia, com a adoção do 4-3-3.

GOIÁS

O Goiás não deve contar com Yago Rocha, por causa de um problema no quadril. Breno deve entrar na equipe do técnico Ney Franco.

Ler matéria completa