Bauru e grande região

por Leonardo de Brito

01/12/2019 - 06h00

Palmeiras e Flamengo enfrentam-se esta tarde no Allianz Parque, mas o destaque da rodada 36 do Brasileirão é Grêmio x São Paulo. O duelo de tricolores no Sul é confronto direto pelo G4. Tentando reabilitar-se da derrota para o Athlético no meio da semana, o time gaúcho, em 4º lugar com 59 pontos e já classificado para a Libertadores, quer cravar vaga na fase de grupos. Já o time paulista vem de vitória sobre o Vasco, está na 6ª colocação com 57 pontos, e se vencer esta noite na Arena do Grêmio, deixa bem encaminhada a vaga direta na Liberta. Os 2 times estão irregulares mas o Imortal vive melhor momento e deve vencer. 

Protagonismo

Palmeiras e Flamengo, que se rivalizaram o ano todo, protagonizam o duelo dos ricos. Campeão nacional e continental, o Rubro-Negro tem a maior folha salarial do País, seguida do Alviverde, 3º colocado e que visa nas últimas rodadas ser o vice-campeão. O Palmeiras não vence há 2 jogos. O favorito Flamengo tenta ampliar invencibilidade para 28 partidas 

Alvinegros

Motivado pela vitória sobre o Avaí, Corinthians encara o Atlético-MG às 18h em BH, visando saltar do 8º para o 6º lugar e se garantir na Libertadores. Já o Galo busca seguir matematicamente na elite. Acho que dá empate. Outro Alvinegro, o Santos, defende a vice-liderança diante da já rebaixada Chapecoense, às 19h na Vila. Peixe é favorito

Acesso

Coritiba e Atlético-GO juntam-se ao Bragantino e Sport na Série A de 2020. Coxa venceu o Vitória e Dragão empatou com Sport. América-MG, que só dependia dele, perdeu em BH para o S. Bento

Deu ruim

Sendi/Bauru jogou mal e perdeu na Panela de Pressão, mesmo o Botafogo não jogando um grande basquete

Memória

Paulista de 1993: Noroeste 0 x 0 Palmeiras, em Bauru. Árbitro: Flávio de Carvalho. Público: 15 mil. Noroeste: Sílvio Roberto; Zé Maria, Monteiro, Eduardo e Evandro; Luís Cláudio, João Paulo e Marcelo Gomes; Sérgio Clavero, Marco Severo e Marcos Roberto. Técnico: Baroninho. Palmeiras: Sérgio; Mazinho, Antônio Carlos, Edinho Baiano e Roberto Carlos; César Sampaio, Daniel (João Luís) e Jean Carlo; Edmundo (Maurílio), Evair e Zinho. Técnico: Otacílio Gonçalves

Ler matéria completa