Bauru e grande região

Esportes

Estreia

Corinthians faz 1º jogo sob comando de Tiago Nunes em busca de ser mais ofensivo

15/01/2020 - 04h08

Marco Galvão/Fotoarena/AE

Tiago Nunes deve utilizar os reforços Sidcley, Cantillo, Matheus Davó e Luan no jogo desta noite

O Corinthians disputará nesta quarta-feira (15) o primeiro jogo sob o comando do técnico Tiago Nunes. Às 20h (de Brasília), o time alvinegro enfrentará o New York City pela Florida Cup com o objetivo de ser mais ofensivo. A partida será realizada em Orlando, nos Estados Unidos.

A equipe paulista conta com quatro reforços: o lateral-esquerdo Sidcley, o volante Cantillo, e os atacantes Matheus Davó e Luan. O novo treinador não confirmou a escalação, mas a expectativa é que todos façam sua estreia nesta noite. Apresentado nesta terça-feira (14), Luan se colocou à disposição para fazer qualquer função ofensiva.

"Se eu jogar mais na frente ou mais atrás, isso não tem problema Já joguei em todas as posições e onde ele optar por me colocar eu vou estar à disposição para ajudar", afirmou o atacante que usará a camisa 7. "Eu usava esse uniforme desde pequeno, para mim está sendo a realização de um sonho. Espero dar meu melhor sempre, com dedicação e raça dentro de campo. Isso não vai faltar", complementou.

O setor do ataque é a prioridade da diretoria corintiana na busca por mais reforços, com ênfase em jogadores que atuem pelas pontas. Um nome pretendido é o de Rony, do Athletico. As negociações estão em andamento.

Na parte defensiva, Cássio está recuperado da luxação no polegar esquerdo e será o titular. Fagner e Gil seguem na equipe. Pedro Henrique, que junto com o volante Camacho retornou do Athletico de empréstimo, e Sidcley devem completar o setor.

O Corinthians é o time que mais vezes disputou a Florida Cup, cinco no total, mas nunca foi campeão do torneio.  A equipe só não esteve presente na edição do ano passado, quando o Brasil foi representado pelo São Paulo e Flamengo. O clube alvinegro tem oito jogos no total na competição, com três vitórias, três derrotas e dois empates, e sua melhor colocação foi em 2017, quando foi vice - o São Paulo foi o campeão.

Depois de enfrentar o New York, a equipe se despedirá no torneio, sábado (18), contra o Atlético Nacional, da Colômbia.

Ler matéria completa