Bauru e grande região

Esportes

Cristiano Ronaldo doa equipamentos a hospitais portugueses que combatem coronavírus

Craque e seu agente de futebol Jorge Mendes ajudam no enfrentamento ao coronavírus em seu país

por Catarina Demony/Reuters

24/03/2020 - 15h43

Juan Medina/Reuters

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo e o agente de futebol Jorge Mendes uniram forças na terça-feira (24)para doar equipamentos a hospitais portugueses que estão com dificuldades para tratar pacientes com coronavírus.

Os dois doarão equipamentos para duas alas do hospital Santa Maria, em Lisboa, fornecendo 10 leitos para cada, ventiladores, monitores cardíacos, bombas de infusão e seringas, informou o hospital em comunicado.

No Porto, a segunda maior cidade do país, a dupla portuguesa equipará uma enfermaria no hospital Santo Antônio com 15 leitos de terapia intensiva, ventiladores, monitores e outros equipamentos necessários. As três alas receberão o nome deles.

"Queremos agradecer a Ronaldo e Mendes pela iniciativa, que é tão útil no momento em que o país precisa tanto de todos", disse Paulo Barbosa, presidente do conselho administrativo do hospital Santo Antônio, em comunicado.

Embora Portugal tenha relatado apenas 2.362 casos de coronavírus e 29 mortes, muito menos do que na Itália e na Espanha, o sistema de saúde do país já está sob pressão.

Durante entrevista à TVI na segunda-feira, o primeiro-ministro António Costa disse que os hospitais públicos do país têm 1.142 ventiladores e os hospitais privados mais 250.

Para enfrentar a crise, o governo comprou 500 ventiladores e quatro milhões de máscaras da China.

"Nós (o sistema de saúde) nunca perderemos o controle da situação", afirmou Costa.

No entanto, os profissionais de saúde têm manifestado dúvidas, principalmente pela falta de equipamentos de proteção.

(Reportagem adicional de Victoria Waldersee e Sergio Gonçalves)

Ler matéria completa