Bauru e grande região

Esportes

Em campo

Noroeste defende retomada da Terceirona e acesso no gramado e diz que prioridade no momento é a vida das pessoas

por Luis Felipe Carrion

26/03/2020 - 05h27

Bruno Freitas/Noroeste

Diretoria alvirrubra, capitaneada pelo presidente Mosca, entende que há tempo de retomar competição para definição de promovidos à A2

Após o presidente do Rio Preto, José Eduardo Rodrigues, declarar sua opinião de que o Campeonato Paulista da Série A3 deveria ser encerrado com título para o Noroeste, além de acessos para o clube de Bauru e o EC São Bernardo somados ao cancelamento do rebaixamento, o Alvirrubro se posicionou sobre a proposta nesta quarta-feira (25).

Em nota divulgada à imprensa, o Norusca diz que esse não é o momento de falar sobre o assunto e que a prioridade deve ser o pensamento na vida, nos seres humanos e na coletividade. Além disso, reforçou que colocou à disposição da Prefeitura de Bauru seu patrimônio para servir de auxílio ao combate do coronavírus.

Sobre a disputa do campeonato, o Norusca afirma que, neste momento, não é a favor do encerramento da Série A3 e que o objetivo é conseguir a vaga à Série A2 dentro de campo. Mesmo com as dificuldades financeiras, para o clube, a retomada do campeonato seria a melhor saída.

"O Noroeste compartilha das dificuldades de todos os clubes da Série A3. Falta de apoio, escassez de recursos, contratos a vencer e tantos outros problemas, mas entendemos que se a situação melhorar, ainda está em tempo de retomar o campeonato, o que seria melhor para os clubes, para os jogadores, para os torcedores e para o futebol de modo geral", diz trecho da nota oficial.

Caso a situação atual não melhore e o número de casos de Covid-19 não apresente declínio a tempo da bola voltar a rolar, aí, sim, a Maquininha Vermelha cogita que o encerramento da competição possa ser uma solução. Entretanto, o clube deixa claro que não agirá em nenhum momento para que isso ocorra por interesses próprios.

"Honrando a moralidade dos que hoje comandam o clube, a dignidade dos que por aqui passaram e a história dos ferroviários que este clube fundaram, não iremos nos esforçar, nem agir nos bastidores, para que sejamos campeões fora do âmbito esportivo. Somente em último caso concordaremos em sermos declarados campeões mediante o encerramento da competição", afirma outro trecho da nota.

FPF REFORÇA

PARALISAÇÃO

O JC entrou em contato com a assessoria de imprensa da Federação Paulista de Futebol (FPF), questionando a posição da entidade sobre a sugestão do Rio Preto de terminar a Série A3 nas condições propostas. Como resposta, a entidade reforçou que reuniu todos os clubes das três principais divisões do Campeonato Paulista e, por maioria, eles decidiram pela paralisação da competição.

Em circular enviada aos clubes na última terça feira (24), a FPF reiterou que a paralisação das competições foi uma decisão acertada. E que, a federação tem monitorado o dia a dia da epidemia de coronavírus e mantido contato com a CBF para saber como adaptar o calendário brasileiro a essa situação. Até o momento, não há nenhuma definição sobre como fica a situação.

"Temos enorme preocupação com os clubes filiados, atletas, árbitros e todos os demais profissionais do futebol, além dos parceiros comerciais e de mídia, com quem mantemos contato constante. Trabalharemos para que os efeitos em decorrência dessa pandemia sejam os menores possíveis para todos os envolvidos no futebol", diz trecho da circular.

Ler matéria completa