Bauru e grande região

Esportes

Londres tentará bater recorde com maratona virtual

Serão disponibilizadas 50 mil vagas para percorrer os 42km por Londres

23/01/2021 - 05h00

Com uma boa dose de otimismo de que a vacinação contra a Covid-19 vai avançar tão rápido quanto Usain Bolt, os organizadores da Maratona de Londres se preparam para que a edição de 2021 bata recordes e seja a maior já realizada, com total de 100 mil corredores em 3 de outubro, segundo o jornal Guardian.

Há um porém, claro. Serão disponibilizadas 50 mil vagas para percorrer os 42km por Londres, 7.000 a mais que as edições anteriores - mas as outras 50 mil ficarão disponíveis para uma corrida virtual.

Se alcançado, o número supera em muito o recorde atual, de 53.121 corredores na Maratona de Nova York em 2018 - ainda que a prova estadunidense mantenha o pódio pela quantidade de participantes na largada. A marca viria na sequência de outra, já que a competição londrina entrou no Livro dos Recordes, nesta quinta (21) pela maior corrida virtual, com 37.996 corredores, na edição de 2020.

Hugh Brasher, da organização, disse ao jornal britânico que o foco é tornar a corrida mais inclusiva e "oferecer luz e esperança na escuridão". "Pode ser difícil para as pessoas imaginarem a corrida acontecendo normalmente em um momento em que as notícias são tão terríveis. Mas temos um otimismo real, com 4 milhões de pessoas no Reino Unido já vacinadas e o governo dizendo que toda a população deve ser vacinada até setembro", disse Brasher.

Ler matéria completa