Bauru

Esportes

Paredão

Uma das principais bloqueadoras da última edição da Superliga, central Mayany reforça Sesi Bauru

24/06/2021 - 05h00

Sesi Vôlei Bauru/Divulgação

Dominante na rede, central chega para integrar elenco bauruense para temporada 2021/22

A central Mayany, que defende atualmente a Seleção Brasileira na Liga das Nações, na Itália, vai reforçar o Sesi Vôlei Bauru nas disputas da temporada 2021/22. A atleta se juntará ao elenco que será comandado pelo técnico Rubinho e que já conta com as centrais Mayhara, Mara e Adenizia, a levantadora Leticia Lima, a líbero Nyeme, a oposta Pamela e as ponteiras Suelle e Drussyla. A renovação da levantadora Dani Lins deve ser anunciada em breve.

"Escolhi o Sesi Vôlei Bauru porque é uma equipe que todos os anos vem montando times muito bons e sempre brigando pelo título. Também por causa da estrutura do clube e da cidade ser muito boa", destaca a atleta. "As expectativas são as melhores. Quero muito vestir essa camisa logo e poder dar o meu melhor todos os dias e ajudar o time dentro de quadra", completa a central pela assessoria de imprensa do Sesi.

Mayany Cristina Araujo de Souza tem 24 anos, 1,85m de altura e é carioca de Resende. Começou a jogar voleibol por influência da ex-jogadora Kely Fraga, que foi medalhista de bronze com a Seleção Brasileira nas Olimpíadas de Sidney (2000). "Ela iniciou um projeto na minha cidade, me viu andando na rua e me convidou a fazer um treino para experimentar", recorda a atleta.

A partir daí, Mayany teve trajetória ascendente no esporte. Depois do time de Resende, a central soma passagens pelo Botafogo, São José Vôlei, Minas Tênis Clube, Barueri e Osasco, onde atuou a temporada passada e foi um dos principais destaques da equipe osasquense, especialmente no bloqueio, uma de suas especialidades em quadra.

Na última edição da Superliga, por exemplo, Mayany encerrou a competição como a segunda melhor bloqueadora, com 109 pontos conquistados no fundamento, apenas dois atrás da líder no quesito, a também central Thaisa, que obteve 111 pontos.

As seleções brasileiras também integram o currículo de Mayany na modalidade. Em 2016 e 2017, defendeu a equipe sub-23. Em 2019 e 2021 foi convocada para a seleção principal e, mais recentemente, também foi chamada para o time adulto que disputa a Liga das Nações.

Ler matéria completa