Bauru

Esportes

Despedida

Sensei Omar se aposenta e deixa comando técnico da modalidade no Sesi-SP Bauru

15/09/2021 - 05h00

Marcelo Ferrazoli/Sesi-SP

Sensi Omar permaneceu por três décadas no Sesi, dois anos e meio à frente do time de rendimento

O sensei kodansha Omar Augusto Miquinioty Junior desligou-se oficialmente, na segunda-feira (13), do comando técnico da equipe profissional de judô do Sesi-SP Bauru. Após dois anos e meio à frente do time de rendimento de uma das modalidades mais vitoriosas e consagradas do Sesi-SP, em uma história de sucesso e de conquistas que ajudou a construir, Omar resolveu aposentar-se.

"Já tinha a intenção de encerrar a carreira em dezembro, mas resolvi antecipar esse meu plano de vida. Tudo tem a sua hora e achei que agora era o melhor momento para tomar essa decisão. Só tenho a agradecer a todos com quem tive o prazer de competir e trabalhar durante toda essa trajetória de dedicação ao judô, desde os senseis, atletas e dirigentes", declara Omar.

"Agradeço, principalmente, ao Sesi-SP, minha casa por longo tempo e onde sempre fui feliz, fiz muitos amigos, ajudei a formar atletas e cidadãos e que ficará marcado no meu coração para sempre. O judô é a minha vida e o Sesi-SP é parte importante dela", ressalta o sensei pela assessoria de imprensa do Sesi.

O sensei kodansha Omar Augusto Miquinioty Júnior assumiu o comando do judô profissional do Sesi-SP Bauru em maio de 2019 e, sob sua liderança, o time de judocas conquistou diversos títulos expressivos na modalidade, como a medalha de ouro de Renan Torres nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019.

Omar tem longa e vitoriosa trajetória no esporte em que começou aos 14 anos, na Associação Judô de Bastos, e onde permaneceu até os 17 sob os cuidados do sensei Uichiro Umakakeba. Acompanhando os pais, mudou-se para Araçatuba, onde treinou supervisionado pelo sensei Koji Kiwada e permaneceu por dez anos.

Neste período, Omar teve suas maiores conquistas como atleta, tendo sido bicampeão brasileiro e bicampeão paulista sub-21, duas vezes vice-campeão brasileiro e duas vezes campeão paulista no adulto, além de outras medalhas em campeonatos estaduais e nacionais. Também foi sete anos campeão dos Jogos Abertos do Interior e de várias edições de Jogos Regionais.

Em 1987, Omar retornou a Bastos para trabalhar novamente com o sensei Umakakeba, sendo seu auxiliar por mais três anos, e, em 1990, ingressou no Sesi-SP, onde iniciou como monitor de esportes e, posteriormente, atuou como professor de judô e também fez carreira na área de gestão como supervisor, coordenador e diretor.

A carreira de Omar no judô registra, ainda, experiências como técnico em Araçatuba, no Judô Clube Mori, no período de 1996 a 2000 e, como atleta máster, conquistas como o vice-campeonato mundial, campeão sul-americano e inúmeros títulos brasileiros e paulistas.

NOVO COMANDO

Com a saída de Omar, o Sesi-SP já estuda e avalia nomes para substituí-lo no comando técnico do judô e, em breve, deverá anunciar o novo treinador.

Ler matéria completa

×