Bauru

Esportes

São Paulo anuncia a saída do técnico Hernán Crespo após acordo

por FolhaPress

13/10/2021 - 16h33

Arquivo

Hernán Crespo deixou o São Paulo após acordo

O São Paulo anunciou na tarde desta quarta-feira (13) o desligamento do técnico Hernán Crespo, 46 anos, em meio à crise do time no Campeonato Brasileiro. O clube está na 13ª posição, a apenas três pontos da zona de rebaixamento.

Em nota, a diretoria afirmou que o contrato entre as partes foi encerrado em comum acordo.

Contratado no início da temporada, o treinador argentino foi responsável por tirar o time tricolor de um jejum de títulos de nove anos, com a conquista do Campeonato Paulista. Depois, acumulou uma série de fracassos, como as eliminações na Copa do Brasil, diante do Fortaleza, e na Copa Libertadores, em confronto com o rival Palmeiras.

Pesou, também, o desempenho do time no Nacional. O São Paulo venceu apenas 6 dos 25 jogos que disputou no torneio, empatou 12 e perdeu 7.

*

Veja a íntegra da nota do São Paulo

"O São Paulo Futebol Clube informa que Hernán Crespo deixa o comando técnico da equipe nesta quarta-feira (13). A decisão foi tomada em comum acordo após conversa entre o treinador e a diretoria do Tricolor. Também deixam o Clube Juan Branda (auxiliar técnico), Alejandro Kohan e Gustavo Sato (preparadores físicos), Gustavo Nepote (preparador de goleiros) e Tobías Kohan (analista de desempenho), que chegaram ao Tricolor junto com o treinador.

Ao longo de oito meses, Crespo dirigiu a equipe na conquista do Campeonato Paulista e trabalhou em 53 partidas, com 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas, aproveitamento de 57,23% dos pontos. . O time ainda foi comandado em outros quatro jogos pelo auxiliar Juan Branda, quando o argentino se recuperava de Covid-19.

O São Paulo agradece aos profissionais pelo trabalho e pela dedicação demonstrados durante todo o período em que defenderam nossas cores, e pela conquista do título do Estadual, triunfo esse que não era obtido desde 2005. De imediato, o Clube abrirá um processo de busca no mercado pelo novo treinador."

Ler matéria completa

×