Bauru

Esportes

Palmeiras bate Ceará e obtém resultado que não conseguia desde 1997

Alviverde ganhou por 2 a 1 e subiu para a terceira colocação no Campeonato Nacional

20/10/2021 - 23h42

Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Deyverson fez segundo gol do Palmeiras na Arena Castelão

O Palmeiras teve dificuldades, sobretudo na etapa inicial, mas conseguiu um resultado raro ao fazer 2 a 1 no Ceará, na noite de quarta-feira (20), em Fortaleza. Foi a primeira vitória como visitante da equipe alviverde sobre a alvinegra desde 1997.

Há 24 anos, o time paulista se impôs e construiu uma goleada, 5 a 2, com quatro gols de Viola. Desta vez, precisou contar com ótimas defesas de Weverton para conter os donos da casa. Depois, Zé Rafael, de falta, e Deyverson, em jogada rápida, foram à rede. Cléber descontou no finalzinho.

Entre um triunfo e outro, o Palmeiras visitou o Ceará nove vezes, com três empates e seis derrotas. E o que se viu inicialmente no Castelão passava a impressão de que a sequência seria ampliada, com boa produção ofensiva dos anfitriões.

Os visitantes se seguraram, porém, e levaram a melhor no confronto, atrasado da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os comandados de Abel Ferreira chegaram assim aos 46 pontos, na terceira posição.

A pontuação é a mesma do Flamengo, segundo colocado, mas a formação carioca tem três partidas a menos. Já o líder Alético-MG está com 56 pontos e dois jogos a menos. Derrotado, o Ceará ocupa o 14º lugar, com 31 pontos, apenas três acima da zona de rebaixamento.

Poderia ser diferente se as oportunidades criadas no primeiro tempo fossem aproveitadas. Sobral, logo de cara, finalizou mal, na frente de Weverton. Já Erick e Vina bateram bem na bola e viram o goleiro da seleção brasileira exibir sua agilidade.

O Palmeiras, que já estava aliviado por não ir ao vestiário em desvantagem, começou a construir sua vitória no fim do primeiro tempo, em jogada bem tramada pelo meio e parada com falta na meia-lua. Zé Rafael cobrou com precisão, aos 49 minutos.

O Ceará continuou buscando o ataque na etapa final, porém já sem a mesma força. Do outro lado, por questões físicas, Abel começou a fazer alterações e foi feliz. Aos 27, Gustavo Scarpa, que havia acabado de entrar, foi lançado na esquerda e cruzou rasteiro para Deyverson, outro que fora acionado minutos antes, marcar de pé esquerdo.

Weverton foi finalmente vencido aos 44, quando Cléber girou sobre Piquerez na área e bateu por baixo de goleiro. Já não havia mais muito tempo para a reação, no entanto, e o Palmeiras conseguiu proteger sua vantagem.

CEARÁ 1

Richard; Igor, Luiz Otávio, Lacerda e Kelvyn; Marlon (Cléber) e Fernando Sobral (Fabinho); Erick, Vina e Lima; Gabriel Santos (Jael). T.: Tiago Nunes

PALMEIRAS 2

Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael (Danilo Barbosa), Raphael Veiga (Scarpa); Dudu (Veron), Rony (Breno Lopes) e Luiz Adriano (Deyverson). T.: Abel Ferreira

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Auxiliares: Cristhian Sorence (GO) e Hugo Correa (GO)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Cartões amarelo: Igor, Luiz Otávio, Vina e Erick (CEA); Zé Rafael e Weverton (PAL)

Gols: Zé Rafael (PAL), aos 49'/1ºT; Deyverson (PAL), aos 27', e Cléber (CEA), aos 44'/2ºT

Ler matéria completa

×