Bauru

Esportes

Vale permanência

Santos tenta quebrar tabu contra Fortaleza para seguir na Série A em 2022

25/11/2021 - 05h00

Ivan Storti/Santos

Recuperado de dores musculares, Marinho deve retomar vaga no ataque santista

Com apenas 7,5% de probabilidade de ser rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, o Santos, que vem enfim crescendo sob comando de Fábio Carille, quer confirmar de vez a permanência na divisão no duelo contra o Fortaleza, nesta quinta-feira (25), às 19h, na Vila Belmiro, pela 35ª rodada.

É bem verdade que o Santos não teve grande atuação na derrota por 2 a 0 frente ao Corinthians, no domingo (21), mas vinha em uma boa sequência, que o tirou de perto da zona de rebaixamento. Atualmente, tem 42 pontos, cinco à frente do Bahia, time que abre a zona de descenso.

Em seu favor, o Santos tem um desempenho aceitável quando joga na Vila Belmiro. Dos 42 pontos, 29 foram conquistados em casa, com oito vitórias e cinco empates. Perdeu em quatro oportunidades.

O time paulista tenta quebrar um longo tabu diante do Fortaleza. Não vence o rival desde 2006. Neste período, foram seis jogos, com duas derrotas e quatro empates. "É o momento de quebrarmos esse tabu contra o Fortaleza. A equipe deles está na parte de cima da tabela e brigando por Libertadores, então sabemos da dificuldade, mas contamos muito com o apoio do torcedor para conquistar essa vitória", disse Vinícius Zanocelo.

Carille encerrou a preparação para o confronto com algumas dúvidas, dentre elas, a possibilidade de contar com o atacante Marinho. Recuperado de dores na coxa esquerda, o principal atleta do Santos treinou normalmente e deve retomar seu posto entre os titulares ao lado de Diego Tardelli.

Carille fez vários testes durante a semana, mas indicou também que apostará em Marcos Guilherme como lateral, com a possível ausências de Camacho, que perdeu algumas atividades ao longo da semana e pode ser preservado, e a baixa de Madson, lesionado. A confirmação virá apenas minutos antes da bola rolar.

Outro que pode aparecer entre os titulares é Ângelo caso Carille aposte em uma equipe mais ofensiva. Gabriel Pirani seria a outra opção.

Do outro lado, o Fortaleza tem a sexta melhor campanha como visitante, com seis vitórias, três empates e oito derrotas, 21 pontos somados e 41,2% de aproveitamento. Não à toa está com 52 pontos no total, brigando por vaga na Libertadores.

O volante Éderson se recuperou de dores no tornozelo e retorna, assim como o meia Lucas Lima, que não enfrentou o Palmeiras por questões contratuais. Depois de iniciar no banco de reservas, Lucas Crispim deve voltar à ala esquerda. As baixas são o lateral-direito Daniel Guedes, que pertence ao Santos, e o volante Matheus Jussa, suspenso.

Ler matéria completa

×