Bauru

Esportes

Atlético-MG pode ser campeão brasileiro nesta quinta e prepara festa

Equipe precisa vencer o Bahia em Salvador para sacramentar a conquista

por FolhaPress

01/12/2021 - 16h10

Pedro Souza/Atlético

Hulk comemora gol marcado contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro

Com o iminente título brasileiro do Atlético-MG, a preocupação do clube e da Prefeitura de Belo Horizonte é encontrar um lugar para a festa dos torcedores. Eles precisam definir isso logo, porque o time pode confirmar o troféu já nesta quinta-feira (2).

O presidente Sergio Coelho nega existir programação para comemorações, mas a autoridades municipais confirmam os encontros para discutir o assunto.

Basta uma vitória sobre o Bahia, em Salvador, às 18h, para o Atlético sagrar-se bicampeão brasileiro, conquista que encerra jejum de 50 anos. Sua vitória anterior foi em 1971.

O jogo na Arena Fonte Nova será transmitido por TV Globo, para parte da rede, e Premiere.

Há a possibilidade de que a festa seja concentrada na Praça Savassi, no bairro central de mesmo nome. O prefeito Alexandre Kalil (PSD) ofereceu a esplanada do Mineirão.

Não é um assunto que Cuca deseje debater no momento. Supersticioso e desconfiado com festas antecipadas, ele prefere o resultado em campo. Não se empolgou nem mesmo com a possibilidade de ser campeão na terça (30). Isso aconteceria se o Flamengo não derrotasse o Ceará no Maracanã.

Milhares de atleticanos foram assistir à partida em bares na capital mineira à espera da comemoração. O Flamengo venceu por 2 a 1.

"Vamos esperar mais um pouco. Estamos no caminho", definiu o treinador.

Desde 1971, nunca o Atlético esteve tão perto de ganhar o Brasileiro. O clube chegou a disputar a final do torneio, antes da era dos pontos corridos, em 1977, 1980 e 1999, mas acabou derrotado por São Paulo, Flamengo e Corinthians, respectivamente. Nesta edição de 2021, foi dominante durante os dois turnos.

Se não for campeão contra o Bahia, poderá ser no domingo (5), diante do Red Bull Bragantino, ou na rodada final, em duelo com o Grêmio, no dia 9. Também pode garantir o caneco se o Flamengo não vencer os três jogos que lhe resta: Sport, Santos e Atlético-GO.

"Ainda não tenho muita dimensão do que vai acontecer. Acho que Belo Horizonte vai parar com o título depois de tanto tempo", avalia o volante Tchê Tchê.

Seria o terceiro título brasileiro da carreira do jogador, campeão em 2016 e 2018 pelo Palmeiras.

O Atlético terá três desfalques para enfrentar o Bahia. Os volantes Allan e Jair e o atacante Diego Costa estão suspensos. A tendência é que Hulk seja deslocado para a região central do ataque e Vargas entre como titular.

Se vencer em Salvador, o Atlético terá quebrado também um tabu entre os times. A última vez que derrotou o Bahia como visitante foi no Brasileiro de 2003, quando anotou 4 a 2.

Estádio: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Horário: 18h (de Brasília) desta quinta-feira (2)

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (FIFA-SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (FIFA-SP)

Transmissão: TV Globo e Premiere

Ler matéria completa

×