Bauru e grande região

Geral

Confirmados mais 81 novos casos de dengue em Bauru

13/03/2013 - 17h30

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Departamento de Saúde Coletiva, confirmou, nesta quarta-feira (13), mais 81 novos casos de dengue, sendo 80 autóctones e 1 importado.

Segundo assessoria de imprensa da Prefeitura de Bauru, com estes novos casos, Bauru passa a totalizar em 2013, 1.232 casos de dengue, sendo 1.223 autóctones e 9 importados.

Após o contato com o vírus, a doença poderá se manifestar em média, dentro de seis dias e alguns dos sintomas são: inicio súbito de febre alta, dor de cabeça, dores fortes nos olhos, na musculatura, nas juntas, podendo surgir manchas avermelhadas na pele. Ao aparecer os sintomas, a pessoa deverá procurar imediatamente a Unidade Básica de Saúde mais próxima ou o médico de sua confiança e evitar a automedicação.

Havendo confirmação de casos na família, os demais moradores da residência que apresentarem qualquer sintoma característico acima citado, também deverá procurar atendimento médico imediatamente para os devidos exames e tratamento.

A Secretaria Municipal de Saúde mantém orientação a todos os profissionais das redes de saúde pública e privada para que redobrem a atenção em casos que apresentem os sintomas da doença, visando o diagnóstico precoce e tratamento oportuno, viabilizando, dessa forma, a agilização e qualidade do atendimento, bem como o controle da dengue.

A Secretaria alerta à população que a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, só é possível desde que haja condições da sobrevivência das suas larvas, que é a água parada, e por esse motivo é que a colaboração da população é indispensável para o controle da doença.

De acordo com a Divisão de Vigilância Ambiental do município, todos os moradores, proprietários de imóveis com edificações habitadas e desocupadas ou de imóveis sem construções devem providenciar não só a capinação dos mesmos quando necessário, mas também a retirada de todo o lixo ou entulhos, já que as larvas do mosquito transmissor da dengue se proliferam em qualquer tipo de recipiente onde possa armazenar o mínimo de água possível, desde tampinhas de garrafas até garrafas pets, latas, baldes, etc. A Divisão informa também, que é proibido atear fogo para queima de mato ou entulhos.