Bauru e grande região

Geral

Unifesp oferece vagas para voluntários em 35 áreas

17/07/2013 - 14h30

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), reconhecida pelo desenvolvimento de pesquisas e estudos científicos, informou nesta quarta-feira (17), que oferece vagas para voluntários em 35 áreas.

Dor generalizada

Serão recrutados voluntários de ambos os sexos com idade entre 18 e 60 anos que tenham dor generalizada ou diagnóstico de fibromialgia. Os selecionados passarão por avaliação médica inicial, exames laboratoriais e serão acompanhados durante um período de oito semanas durante as quais receberão medicamentos via oral. Uma vez por semana durante quatro semanas consecutivas receberão medicação por via endovenosa (lidocaína ou solução salina), realizando coleta de sangue na 1ª, 2ª, 5ª e 8ª semanas. Os voluntários serão avaliados clinicamente em todas as consultas e responderão a questionários relacionados com a fibromialgia e qualidade de vida.

Não poderão participar do estudo os portadores de diabetes, doenças na tireoide, fígado, neurológicas, psiquiátricas, reumatológicas, neuromusculares, e outras síndromes dolorosas crônicas, arritmias, infarto do miocárdio, bloqueio de ramo ou átrio ventricular, insuficiência cardíaca, glaucoma de ângulo agudo, miastenia gravis e gravidas.

Também não serão aceitos os pacientes com hipersensibilidade aos medicamentos utilizados no estudo (lidocaina, amitriptilina, tramadol e paracetamol) além dos que usam cisaprida ou inibidores da monoaminoxidase. Os indivíduos que fazem uso de medicamentos de ação central, como antidepressivos, anticonvulsivantes, opióides e neurolépticos, serão aceitos somente se interromperam o tratamento pelo menos um mês antes do inicio do estudo.

Os interessados podem entrar em contato com Ana Laura Giraldes pelo telefone (11) 97320 3811 ou e-mail [email protected]. Estão disponíveis 20 vaga. Os atendimentos acontecem no Ambulatório de Dor do Hospital São Paulo da Unifesp, na rua Botucatu, 593.

Artrite

A disciplina de reumatologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está recrutando voluntários para a participação em uma pesquisa que visa avaliar o impacto do treinamento físico resistido progressivo (para fortalecimento muscular) no tratamento de artrite reumatóide.

Podem participar do estudo homens e mulheres com idade entre 18 e 65 anos portadores da doença. Serão excluídos os portadores de fibromialgia, deformidades articulares ou qualquer outra doença que impeça o indivíduo de realizar exercícios como a musculação, além daqueles que estejam participando de outro tipo de pesquisa como voluntário.

Os pacientes selecionados serão submetidos a uma avaliação clínica realizada por um médico reumatologista e, em seguida, serão avaliados por um terapeuta ocupacional por meio de alguns testes físicos para avaliar a força muscular (com máquinas especificas para cada grupo muscular; membros superiores, inferiores e tronco) e alguns questionários.

Os interessados podem entrar em contato com o pesquisador Felipe Martinelli Lourenzi pelos telefones (11) 99953-5722 (VIVO) e 97687-2659 (CLARO) ou pelo e-mail: [email protected]. Estão disponíveis 30 vagas.

Síndrome das pernas inquietas

O Setor de Neuro-Sono da Disciplina de Neurologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está pesquisando o efeito dos exercícios físicos em pacientes com Síndrome das Pernas Inquietas (SPI) como forma de tratamento não farmacológico para redução dos sintomas.

Podem participar da pesquisa homens e mulheres com idade entre 45 e 65 anos com suspeita de SPI e que não pratiquem exercícios físicos regularmente. Serão excluídos da seleção os portadores de fraturas, limitações articulares como bursite, tendinite, luxação, artrite, artrose e outros problemas de ossos, tendões e músculos. Os pacientes serão divididos em 2 grupos com diferentes tipos de exercícios para verificar seus efeitos. Após o diagnóstico clínico, os pacientes serão incluídos no estudo.

Os interessados podem entrar em contato com Marcelo Casemiro pelo e-mail [email protected] ou procurar o Ambulatório de Neuro-Sono da Disciplina de Neurologia da Unifesp, na rua Napoleão de Barros, 771, Balcão 5, somente às quartas-feiras, a partir das 13h.

Impulsividade em dependentes ou não

A disciplina de Medicina e Sociologia do Abuso de Drogas (Dimesad) da EPM/ Unifesp está selecionando voluntários para participarem de uma pesquisa que pretende analisar as diferenças entre os níveis de impulsividade em dependentes e não dependentes de drogas.

Os participantes do estudo devem ser homens saudáveis, com idade entre 18 e 50 anos, com ensino fundamental completo que não façam uso de drogas, exceto tabaco. Serão realizados testes para avaliação cognitiva e avaliação da impulsividade.

Os interessados podem entrar em contato com a Unidade de Dependência de Drogas da Unifesp pelo telefone 5549-2500 ou encaminhar um e-mail para o endereço [email protected].

Artrite psoriásica

A disciplina de Reumatologia da Unifesp recruta pacientes com diagnóstico de artrite psoriásica, uma doença caracterizada pela presença de psoríase de pele associada com um quadro articular inflamatório. Há cinco vagas disponíveis.

Podem se inscrever pessoas de ambos os sexos, com idade entre 18 e 65 anos, e que tenham disponibilidade em participar de um programa de exercícios físicos duas vezes por semana, por um período de 12 semanas.

Elas deverão estar com medicações modificadoras da doença (DMARDs), com doses estáveis há pelo menos três meses, e com doses de anti-inflamatórios não-esteroidais e corticosteroides estáveis há pelo menos quatro semanas.

Os interessados deverão entrar em contato com Prof. Diego Roger pelos telefones (11) 96046-0045 / 96971-8224.

Omega-3 em fumantes ou não

A Disciplina de Medicina e Sociologia do Abuso de Drogas do Departamento de Psicobiologia da UNIFESP/EPM está selecionando voluntários fumantes e não fumantes para participarem de uma pesquisa. O objetivo do estudo é analisar as diferenças entre os níveis de Ômega-3 de fumantes e não fumantes.

Podem participar do estudo, voluntários de ambos os sexos com idade entre 20 e 60 anos, fumantes e não fumantes, que serão divididos em dois grupos. Estão disponíveis 30 vagas para cada um dos grupos. Os interessados devem entrar em contato com Juçara Zaparoli, pelo endereço eletrônico [email protected].

Os testes realizados serão:

• Dosagem dos níveis de ômega-3 EPA (ácido eicosapentaenoico) e DHA (ácido docosahexaenoico, os principais representantes da série ômega-3) a partir de coleta de 1 tubo de sangue;

• Diário alimentar para saber como é a alimentação da pessoa;

• Avaliação dos sinais e sintomas de ansiedade e depressão.

Tratamento muscular em idosas

O Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício (CEPE/Unifesp) realiza pesquisa sobre treinamento muscular e a aplicação de terapia laser em mulheres idosas com objetivo de melhorar o desempenho muscular.

Para isso, recruta mulheres saudáveis, com idade entre 60 e 70 anos, e que não apresentem histórico de cirurgia prévia em pernas. As voluntárias deve m ter disponibilidade de realizar o treinamento de força, duas vezes por semana durante oito semanas.

Elas serão submetidas a uma série de exames, entre eles, exames de sangue, avaliações física e cardiológica. Após o término do treinamento físico receberão uma cópia de todos os exames realizados. O CEPE/Unifesp está localizado na Rua Marselhesa, nº 500, Vila Clementino.

Telefones e e-mails para inscrição: (11) 5572-0177 / (11) 94898-8590, falar com Patrícia / (11) 97101-8960, falar com Renata / [email protected] / [email protected].

Identificação: Pesquisa sobre laser e treinamento muscular em idosas

Exercícios físicos para idosos

O Departamento de Psicobiologia da Unifesp recruta voluntários para uma pesquisa que visa analisar o impacto dos exercícios físicos realizados em grandes centros urbanos na população idosa.

Os voluntários serão submetidos a avaliações neuropsicológicas, cardiorrespiratórias, exames de sangue e cálculos de composição corporal. Todos os resultados de exames serão disponibilizados. O protocolo de exercício físico consiste de um programa de treinamento realizado na Bélgica, adaptado para a terceira idade.

Serão aceitos no estudo voluntários de ambos os sexos, com mais de 60 anos, que morem na cidade de São Paulo há pelo menos 10 anos. Não podem participar da pesquisa idosos submetidos a cirurgias recentes, que utilizam bengala, muleta ou andador, portadores de hepatites tipos B e C, doença de Chagas, Sífilis, Anemia, Triglicérides maior ou igual 400 mg/dL, doenças neurológicas ou psíquiátricas, usuários de álcool, cigarro, drogas, suplementos vitamínicos, diuréticos e de remédios controlados que alterem as funções cognitivas ou que impeçam a prática de atividade física.

Os interessados devem entrar em contato com a pesquisadora Luciana Caxá pelos telefones 3641 4636 e/ou 99384 2242, ou pelo e-mail: [email protected]. Estão disponíveis 100 vagas.

Avaliação corporal de homens

A disciplina de Reumatologia recruta homens, nascidos no Brasil, com o objetivo de avaliar a taxa de gordura corporal e massa óssea, para traçar um perfil comparativo com estudos americanos. Estão disponíveis 300 vagas.

Os voluntários devem ter mais de 20 anos, devem ser saudáveis, com peso de até 120 kg e altura máxima de 1,90m. Não devem ter doenças conhecidas (com exceção da hipertensão) e nem usar suplementos alimentares para ganho de massa muscular.

Não serão admitidos aqueles que apresentem doenças crônicas, obesidade e que façam uso contínuo de medicamentos (anti-hipertensivos são aceitos).

O exame será realizado por densitometria, que emite radiação de baixa intensidade e é indolor. Ele terá duração de aproximadamente 50 minutos e deverá ser agendado previamente. Para mais informações, acesse: www.dexaemhomens.blogspot.com.

As inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 98386-5811 ou pelo e-mail: [email protected].

Desaparecimento e dependência química

A Unidade de Intervenção à Família e Comunidade (Unifac) da Unifesp recruta famílias voluntárias que tenham um ou mais membros desaparecidos por conta da dependência de cocaína/crack para participar de estudo: “Processo de luto na família de dependentes de cocaína/crack”.

As famílias deverão ter disponibilidade para participar de encontros semanais no período de abril a junho de 2013. Inscrições pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (11) 5084-4698 (falar com Rita), durante horário comercial.

Tentativa de suicídio e dependência

A Unidade de Intervenção à Família e Comunidade (Unifac) da Unifesp recruta famílias voluntárias que tenham dependentes químicos com pelo menos uma tentativa de suicídio por conta do uso de cocaína e/ou crack, para participar do Estudo: "Tentativa de suicídio e dependência de cocaína/crack - repercussão na dinâmica familiar e estratégia de enfrentamento”.

As famílias deverão ter disponibilidade para participar de encontros semanais no período de abril a junho de 2013.Inscrições pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (11) 5084-4698 (falar com Rita), durante horário comercial.

Dinâmica familiar e Alzheimer

A Unidade de Intervenção à Família e Comunidade (Unifac) da Unifesp recruta famílias voluntárias que tenham um membro portador da doença de Alzheimer para participar do estudo: “A dinâmica familiar quando há um portador da doença de Alzheimer em domicílio”.

As famílias interessadas deverão ter disponibilidade para participar de encontros semanais no período de abril a junho de 2013.

Inscrições pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (11) 5084-4698 (falar com Rita), durante horário comercial.

Restrição crônica de sono

O Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício (CEPE/Unifesp) recruta voluntários para identificar as consequências da restrição crônica de sono. Podem participar homens com idade entre 20 e 35 anos, com escolaridade mínima de oito anos, saudáveis, não dependentes de álcool, cigarro e drogas, não obesos, e não devem praticar exercícios físicos regularmente. É necessário dormir mais do que 9 horas por noite e ter rotina nos horários de dormir e de acordar.

Os indivíduos selecionados precisam ter disponibilidade de comparecer ao CEPE para a realização dos procedimentos da pesquisa nos dias previamente agendados, além de dormir no laboratório por sete ou oito noites, para a realização de polissonografias, sendo seis delas em dias seguidos.

Os interessados podem entrar em contato com Sandra Queiroz ou Cristina Frange, pelo telefone (11) 5572-0177 ou pelo e-mail [email protected], colocando no assunto a palavra “voluntário”. Os participantes receberão uma cópia dos exames realizados e auxílio para despesas no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) após a completa coleta de dados.

Lesão medular

O departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) recruta voluntários com o objetivo de avaliar os efeitos de diferentes intensidades de exercício físico sobre parâmetros inflamatórios, imunológicos e bioquímicos em indivíduos com lesão medular.

Participarão da pesquisa 15 paraplégicos (LM) com lesão medular traumática completa entre as vértebras T7 e L1 (categoria A segundo ASIA 2003). Os interessados devem ter idade igual ou superior a 18 anos, ter no mínimo um ano de lesão medular, fazer a utilização da cadeira de roda como único método de locomoção e apresentar resultado normal no eletrocardiograma de esforço.

Não poderão participar pessoas com problemas cardiovasculares, diabetes e doenças inflamatórias crônicas ou agudas. Além disso, não serão aceitos pacientes que façam uso de medicamentos para tratamento de dislipidemia. Inscrições: (11) 5572-0177/ 98725-0125, com Eduardo da Silva Alves.

Pílula anticoncepcional

O departamento de Ginecologia da Unifesp realiza uma pesquisa para avaliar o impacto de uma pílula anticoncepcional com estrogênio natural na sexualidade das mulheres usuárias.

Podem participar pacientes de 18 a 35 anos, sexualmente ativas e com relacionamento estável (mínimo de seis meses) e satisfatório, e que residam na cidade de São Paulo. Elas devem ter ausência de queixas sexuais, estar sem qualquer esquema de contracepção hormonal nos últimos três meses e não possuir qualquer patologia ou situação que contraindique o uso de contraceptivos hormonais combinados orais.

As voluntárias receberão de graça a pílula por seis meses e terão que responder a um questionário de sexualidade com três e seis meses de uso. Elas realizarão exames de sangue, antes e depois do estudo, para aferição da taxa de colesterol, triglicérides e glicemia.

As interessadas devem enviar um e-mail para: [email protected] ou ligar: 11 5549-6174, falar com Telma.

Tratamento de Herpes Zoster

O Centro de Desenvolvimento e Estudos Clínicos Brasil está recrutando voluntários para uma pesquisa clínica sobre Herpes Zoster, mais conhecida como Cobreiro. Essa doença é uma virose provocada por uma variante do Herpesvírus que também causa a varicela (ou catapora), de incidência rara e que provoca afecções na pele, de maior ou menor gravidade, como formigamento em uma parte qualquer do corpo, seguido de coceira, vermelhidão e bolhas.

O objetivo do estudo é comparar o uso de duas medicações no tratamento da Herpes Zoster, também conhecida como Cobreiro. Para participar do estudo é necessário ter mais de 18 anos, ter a presença da doença ativa, ou seja, estar com as bolhas e não estar grávida ou amamentando.

Os interessados em participar estudo podem entrar em contato, em horário comercial com Graciela, Merielen ou Eveli pelos telefones 5908-7090, 5908-7094 ou 5908-7344, ou também, com Magda pelo celular 97154-7331.

Herpes genital

O Centro de Desenvolvimento e Estudos Clínicos Brasil está recrutando voluntários para participar de uma pesquisa clínica relacionada a herpes genital. A Herpes Genital é uma doença que pode provocar coceiras, formigamento e dores ao urinar, geralmente aparecem pequenas bolhas d’água no local, que quando estouram, podem deixar uma ferida entre outros sintomas.

O objetivo do estudo é comparar o uso de duas medicações no tratamento da Herpes Genital. Podem participar do estudo mulheres maiores de 18 anos, com pelo menos um episodio de Herpes Genital e que não estejam grávidas ou amamentando.

As interessadas podem entrar em contato, em horário comercial, com Graciela, Merielen ou Eveli pelos telefone 5908-7090, 5908-7094 ou 5908-7344, ou também, com Magda pelo celular 97154-7331.

Uveite ativa não infecciosa

O Departamento de Oftalmologia da Escola Paulista de Medicina – Hospital São Paulo (Unifesp) está recrutando portadores de uveite ativa não infecciosa, para participar de estudo, para avaliar a segurança e eficácia de (Sirolimus) intravítreo.

Pacientes potenciais deverão ser encaminhados para o Setor de Pesquisa Clínica – Depto de Oftalmologia da EPM, rua Botucatu, 822 - 1º andar, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Informações pelo telefone 5572-6443 com Luci Meire, Cintia Futino ou Cristina Nascimento.

Devem apresentar os seguintes critérios:

1. Homens ou mulheres com idade igual ou superior a 18 anos

2.Diagnóstico de uveíte posterior não infecciosa ativa com opacidade vítrea significante

3. Acuidade visual corrigida ? 20/400 no olho do estudo

4. Olho contraletral com visão ? 20/200

Incontinência urinária em adolescentes obesas

O Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente (CAAA/Unifesp) recruta adolescentes obesas, com idade entre 10 e 19 anos, que apresentem perda involuntária de urina durante esforço físico.

As candidatas passarão por tratamento com exercícios de fisioterapia para o fortalecimento do assoalho pélvico e atendimento clínico, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida.

Não serão aceitas pacientes com problemas neurológicos ou do trato urinário diagnosticados. Inscrições: (11) 5576-4360, das 8h às 16h.

Exercício em altitude simulada

O Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício (CEPE/Unifesp) recruta voluntários para uma pesquisa que avaliará os efeitos das diferentes intensidades de Exercício Físico realizado na condição de altitude simulada e ao nível do mar.

Podem participar homens, com idade entre 18 e 30 anos, saudáveis e fisicamente ativos. Eles não devem fumar e nem consumir álcool com frequência (mais de três vezes na semana).

O voluntário ganhará eletrocardiograma de esforço e repouso (avaliação cardíaca) e exame ergoespirométrico (condicionamento físico).

Para informações e inscrições, entrar em contato com Samile pelo e-mail [email protected] ou telefone (11) 96992-3202.

Trofismo e a força muscular

O departamento de Fisiologia do Exercício da Unifesp está recrutando voluntários para participar da pesquisa intitulada “Efeito do Treinamento Muscular Isométrico, Isotônico ou Isocinético sobre o Trofismo e a Força Muscular”.

Os interessados devem ser homens com idade entre 18 e 35 anos, recreacionalmente ativos e que não possuam histórico de lesão de joelho ou coxa nos últimos cinco anos. Os candidatos não podem ter realizado nenhum treinamento de força muscular nos últimos seis meses.

O objetivo é observar o ganho de força e massa muscular decorrentes de diferentes tipos de treinamento, averiguando a carga, volume e intensidade da contração. Os selecionados passarão por uma série de exercícios de extensão no joelho durante um período de dois meses.

Para se voluntariar, basta entrar em contato pelo telefone (11) 9-9745-5500.

Crise asmática

A disciplina de Medicina de Urgência da Unifesp recruta voluntários de ambos os sexos, com idade entre 13 e 50 anos, que tenham crise asmática. O candidato pode ser fumante e não deve ter febre.

Os interessados podem ligar no telefone: (11) 96351-1412, falar com Dr. Demetrius, ou comparecer pessoalmente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, ao Pronto-Socorro do Hospital São Paulo (consultório 2, no 1º andar), localizado à rua Pedro de Toledo, 720, na Vila Clementino, em São Paulo/SP.

Problemas de atenção e hiperatividade em crianças

O departamento de Psicobiologia da Unifesp recruta crianças do sexo masculino, com idade entre nove e 14 anos, com suspeita ou já diagnosticadas com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade, para participar de um programa que visa avaliar os possíveis benefícios do exercício físico e do consumo dos ômegas sobre o comportamento e a atenção. Não haverá nenhum custo ao participante.

Inscrições: [email protected] / (11) 5549-2500, das 7h30 às 18h30.

Exercício físico em condição de altitude

O Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício (CEPE/Unifesp) recruta voluntários para uma pesquisa que avaliará os efeitos do exercício físico em condição de altitude.

Podem participar homens com idade entre 18 e 30 anos, que tenham boa saúde e que sejam fisicamente ativos. Serão excluídos do processo os indivíduos que são fumantes, consumidores frequentes de álcool, usuários de drogas ilícitas e de medicamentos controlados.

Cada voluntário ganhará um eletrocardiograma de repouso e esforço (avaliação do coração) e um exame ergoespirométrico (condicionamento físico).

Os interessados podem entrar em contato com o pesquisador Valdir Lemos através do e-mail [email protected] ou pelo celular (13) 9723-2757 (em horário comercial) ou também no telefone do CEPE (11) 5572-0177 (todas as terças e quartas-feiras).

Dor na pós-menopausa e fibromialgia

O ambulatório da transição para a menopausa e pós-menopausa do Departamento de Ginecologia da Unifesp está recrutando mulheres para participar de uma pesquisa para verificar a dor em mulheres na menopausa, portadoras de fibromialgia.

As interessadas devem ter entre 45 e 60 anos, com pelo menos um ano no período da pós-menopausa, serem portadoras de fibromialgia e não praticarem nenhum tipo de exercício físico. Não serão aceitas mulheres que fazem uso de terapia hormonal, antidepressivos, anti-inflamatórios, diabéticas, hipertensas e com insuficiência renal.

Serão selecionadas 60 mulheres e o prazo de inscrição se estende até o preenchimento das vagas. Informações pelo telefone: (11) 3341-3608 ou pelo e-mail [email protected], falar com Nelma Menezes.

Sistema imunológico após exercício

O Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício (CEPE/Unifesp) está recrutando voluntários para uma pesquisa que visa avaliar os efeitos da suplementação sobre o sistema imunológico após a realização do exercício físico.

Podem participar desta pesquisa homens com idade entre 18 e 30 anos com boa saúde e fisicamente ativos. Serão excluídos do processo os indivíduos que são fumantes, consumidores frequentes de álcool, portadores de doenças crônicas, usuários de drogas ilícitas, vitaminas, medicamentos e suplementos nutricionais.

Os voluntários terão de comparecer ao CEPE três vezes, cada uma com duração de três horas e serão submetidos a um exame de sangue, um eletrocardiograma de repouso e esforço (avaliação do coração) e um exame ergoespirométrico (condicionamento físico).

Estão disponíveis 30 vagas. Os interessados podem entrar em contato com o pesquisador Valdir Lemos através do e-mail [email protected] ou pelo celular (13) 9723-2757 (em horário comercial) ou também no telefone do CEPE (11) 5572-0177 (todas as terças e quartas-feiras). As atividades acontecem no CEPE, na rua Marselhesa, 500, 9º andar.

Gestão de vida e bem-estar

O departamento de Psicobiologia da Unifesp recruta voluntários para participarem de uma pesquisa científica sobre um “Programa de Bem-Estar e Felicidade”.

O Programa utilizará técnicas de meditação, relaxamento, treinamento cognitivo comportamental, entre outras, sem uso de medicamentos.

Os interessados devem ter idade mínima de 18 anos, com ensino médio ou superior completo. Inscrições: (11) 5081-5405, 5084-7224, 98684-5519, falar com Márcia (horário comercial).

Ovários policísticos

A disciplina de Endocrinologia Ginecológica do Departamento de Ginecologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está recrutando voluntárias para uma pesquisa que visa estudar a menstruação em mulheres com cistos nos ovários.

Podem se candidatar às vagas mulheres com até 20 anos de idade com menstruação irregular e suspeita ou diagnóstico de síndrome dos ovários policísticos, que necessitam de tratamento com remédios.

Serão excluídas do estudo as candidatas portadoras de Diabetes, Pressão Alta, doenças na Tireoide, disfunção dos Rins ou Fígado, tumores, trombose (portadoras ou com antecedentes na família). Também não poderão participar da pesquisa as candidatas que tenham desejo imediato de engravidar.

As selecionadas passarão por exame clínico para verificar peso, altura, medidas corporais e pressão, além de ultrassonografia no início do estudo e exames de sangue no início, meio e fim. Estão disponíveis cinco vagas por semana, sempre nas terças-feiras, sendo duas às 8h e mais três às 13h.

As interessadas podem entrar em contato com a pesquisadora Margareth Iwata, através do e-mail [email protected] ou pelo telefone do Ambulatório de Climatério e Endocrinologia Ginecológica (11) 5549-6174.

Puberdade precoce

O Setor de Infância e Adolescência, da Disciplina de Endocrinologia Ginecológica do Departamento de Ginecologia da Escola Paulista da Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), recruta meninas que tenham apresentado aparecimento de mamas e pelos antes dos oito anos de idade, e que tenham o consentimento de seus pais ou responsáveis, para participarem de uma avaliação.

A avaliação será realizada nas segundas-feiras à tarde ou terças-feiras pela manhã, com o objetivo de realizar diagnóstico de puberdade precoce. Confirmado o diagnóstico, o tratamento será oferecido gratuitamente no ambulatório, localizado à Rua Embaú, 66, na Vila Clementino, em São Paulo/SP.

Os pais ou responsáveis interessados devem entrar em contato, para agendar a triagem, com Dra. Eline no número (11) 99669-5699 ou com Dra. Felisbela Holanda no (11) 98422-6361.

Ginecologia para crianças e adolescentes

O Setor de Infância e Adolescência, da Disciplina de Endocrinologia Ginecológica do Departamento de Ginecologia da Escola Paulista da Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), oferece atendimento gratuito a crianças e adolescentes do sexo feminino, com idade entre cinco e 19 anos.

A avaliação é realizada por uma ginecologista, visando verificar e cuidar da saúde ginecológica destas meninas. São avaliados também o desenvolvimento da puberdade e o crescimento delas, com dicas sobre cuidados com a higiene e orientação quanto a eventuais dúvidas desta fase.

O ambulatório está localizado à Rua Embaú, 66, na Vila Clementino, em São Paulo/SP. Os pais ou responsáveis devem confirmar a participação e agendar a triagem com Dra. Eline no número (11) 99669-5699 ou com Dra. Felisbela Holanda no (11) 98422-6361.

Câncer de cabeça e pescoço

A disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço está recrutando voluntários para participar de uma pesquisa sobre a combinação de raios laser e quimioterapia para tratamento do câncer de cabeça e pescoço. Podem participar do estudo homens e mulheres com idade entre 21 e 70 anos, portadores de cânceres de cabeça e pescoço que voltaram a crescer mesmo depois de outros tratamentos como cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia.

Os voluntários passarão por uma avaliação preliminar com os médicos responsáveis pela pesquisa e os candidatos selecionados farão exames pré-operatórios e serão internados no Hospital São Paulo para serem submetidos a uma sessão de quimioterapia e laser terapia sob anestesia geral no centro cirúrgico (tempo do procedimento: 1 hora). O tratamento visa melhorar as condições locais do câncer e a qualidade de vida.

Os interessados podem entrar em contato nos telefones (11) 98752-4598 ou (11) 98729-7268, ou no endereço eletrônico [email protected] ou [email protected].

Carboidrato e glutamina em exercício

O departamento de Biociências da Unifesp recruta homens, com idade entre 18 e 30 anos, para avaliar os efeitos da suplementação de carboidrato e glutamina sobre parâmetros imune e inflamatório durante e após exercício em altitude simulada.

Os candidatos devem ser saudáveis, não podem ter doenças crônicas, não podem ser fumantes, nem consumir nenhum tipo de medicação e não ter se exposto a altitude nos últimos seis meses.

Os voluntários passarão por seis testes: eletrocardiograma com cardiologista, ergoespirometria, e outros quatro testes que consistirão em repouso, exercícios físicos em esteira e recuperação. Eles serão realizados no Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício (CEPE/Unifesp). Haverá coleta de sangue, lactato e saliva.

Os interessados podem ligar para o telefone (11) 99780-9804 ou enviar um e-mail para [email protected].

Dor lombar aguda

A disciplina de Reumatologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está recrutando voluntários para uma pesquisa que visa avaliar os efeitos da estimulação elétrica nervosa nos casos de lombalgia (dores na coluna lombar) aguda.

Podem participar do estudo pessoas de ambos os sexos, com idade entre 18 e 65 anos com queixas de lombalgia aguda (dores na coluna lombar que começaram há, no máximo, duas semanas). Não serão recrutados os pacientes cujas dores sejam de origem inflamatória, tumoral ou infecciosa, usuários de marcapasso cardíaco e aparelhos de eletrochoque, recém-operados da coluna, portadores de irritação de raízes nervosas, gestante e pacientes em litigio.

Os voluntários selecionados serão avaliados por um médico reumatologista e um fisioterapeuta, por meio de testes físicos e questionários. Os interessados podem entrar em contato com a pesquisadora Vaneska Cruz nos telefones (11) 98256-4748 e (11) 97687-2659 ou pelo endereço eletrônico [email protected]. Estão disponíveis 50 vagas.

Exercício físico e enxaqueca

O Programa da Pós-Graduação em Neurologia e Neurociências da Unifesp recruta voluntários, de ambos os sexos, com idade entre 18 e 65 anos, para participarem de pesquisa sobre efeito do exercício físico na enxaqueca.

Os candidatos não devem tomar medicação para o coração (Propranolol, Atenolol, Carvedilol, Verapamil), nem praticar atividade física regularmente. Eles participarão de um programa de 12 semanas de condicionamento físico como parte do seu tratamento ou de uma única sessão de condicionamento físico para obter orientações da maneira adequada de se exercitar. Serão realizados, gratuitamente, exames cardiológicos (aptidão física) e exame de sangue.

Para informações e agendamento de consulta, entre em contato pelos telefones: (11) 5576-4778 / 99411-9282 (Dr. Arão); ou pelos e-mails: [email protected]/ [email protected]. Os interessados também podem ir pessoalmente ao Ambulatório de Dor de Cabeça da Unifesp, localizado à Rua Napoleão de Barros, 771, Térreo, Balcão 5 da Neurologia (Seg./Qua./Sex. às 8:00h).

Suplementos alimentares em hipertensos

O departamento de Medicina Translacional está recrutando voluntários para pesquisa sobre os efeitos de suplementos alimentares (aminoácido) na pressão arterial pós-exercício em indivíduos hipertensos. Podem se candidatar às vagas homens hipertensos, com idade entre 30 e 55 anos, não fumantes, que não façam uso de nenhum tipo de suplemento alimentar, sem problemas ortopédicos e que não pratiquem exercícios físicos (sedentários).

Os voluntários devem ter disponibilidade na parte da manhã para realização dos testes no Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício, localizado na Rua Marselhesa, nº 500, Vila Mariana, 9º andar do prédio do Instituto do Sono. Serão realizados exames de sangue e avaliação física gratuitamente.

Os interessados podem entrar em contato com Marcos Antonio do Nascimento, entre 8h e 17h, no telefone 5576-4983, ramal 4 ou pelo e-mail [email protected].