Bauru e grande região

Geral

Cavalo é abandonado sem ter acesso a água

06/02/2014 - 05h00

O abandono de um cavalo vem sendo flagrado por moradores em um terreno na quadra 8 da avenida do Hipódromo, Jardim Olímpico.

Amarrado, o animal seria deixado no local diariamente pelo dono há tempos e porteiros e faxineiros de dois condomínios próximos levariam água para o cavalo rotineiramente.

O dono deixaria o animal preso de manhã e só voltaria para buscá-lo à noite.

“Dá dó, o cara amarra e deixa”, diz o faxineiro Izanildo Francisco da Silva, que levou baldes d’água para o cavalo ontem à tarde.

Segundo o delegado da Central de Polícia Judiciária (CPJ), Dinair José da Silva, a atitude do dono pode constituir maus tratos. “A pessoa pode ser processada, com pena de detenção de três meses a um ano, além de multa fixada pelo juiz e o animal pode ser tomado”, explica.

Um fiscal da Vigilância Ambiental que foi até o local constatou que o animal estava em bom estado de saúde, apesar de preso. O setor recolhe somente animais errantes.