Bauru e grande região

Geral

Núncio se despede ressaltando obra do projeto "Caná"

por Dulce Kernbeis

19/05/2014 - 10h05

Uma das melhores impressões que o núncio apostólico, dom Giovanni D´Aniello levou de Bauru quando deixou a cidade esta manhã, foi o projeto social “Caná” que a Igreja Católica desenvolve com crianças carentes no bairro Ferradura Mirim. Ele próprio declarou isso antes de embarcar de volta a Brasília onde mora e fica a sede da nunciatura.

Douglas Reis

Projeto Caná é ressaltado na despedida de Núncio

Representante oficial da Santa Sé no Brasil, com autoridade equivalente à do Papa Francisco por aqui, dom Giovanni declarou-se muito feliz com a festa dos 50 anos de Jubileu da Diocese de Bauru e com as atividades desenvolvidas e o que viu nos três dias em que aqui esteve.

“Tudo foi um crescendo, desde que cheguei, muitas demonstrações de fé nestes três dias e o mais importante foi a participação popular”.  O ápice das comemorações foi a missa campal que ele celebrou no estádio do Noroeste na tarde de domingo. Dom Giovanni resumiu em uma única palavra o evento: “Magnífico”.

Deixando uma mensagem para os fiéis católicos ele disse que “Bauru tem condições para renovar forças e a Igreja ficará mais atuante para os próximos 50 anos. Acho que é preciso isso, que essa demonstração de força e fé continuem, confiando no Divino Espírito Santo”.

“Espírito Santo”

E foi isso mesmo, a presença do Espírito Santo, que dom Caetano Ferrari, bispo diocesano de Bauru ressaltou das festividades ao fazer um balanço das comemorações, logo após se despedir no núncio no Aeroclube de Bauru. “Você percebia a presença do Espírito Santo. Foi uma festa de silêncio, paz, espírito de oração, com a presença das famílias. Não tivemos chuva, o clima ajudou muito e no momento certo na hora da missa, todo o estádio foi coberto pela sombra, até mesmo quem estava no gramado”, ressaltou.