Bauru e grande região

Geral

Cursinho pré-vestibular gratuito amplia vagas

Destinado a alunos de escolas públicas, curso do D?Incao está com inscrições abertas

por Marcele Tonelli

21/02/2015 - 07h00

João Rosan

Carlos D’Incao: “Índice de aprovação superou 50% em 2014”

O colégio D’Incao está com as inscrições abertas para o cursinho pré-vestibular gratuito oferecido aos alunos de escolas públicas de Bauru. A ação tem como foco alunos que estão cursando ou que já cursaram o Ensino Médio e que possuem nível socioeconômico baixo.

O projeto “Educação: uma das formas de mudar o mundo” acontece desde 2012 e já contemplou 210 estudantes, 70 por ano.

Em 2015, contudo, o número de vagas oferecidas foi ampliado para 120, após a iniciativa ser abraçada por uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), chamada “Juntos: quem sabe faz a hora”, formada pelo próprio grupo do colégio. As inscrições irão até esta segunda e devem ser feitas na própria escola, que fica na quadra 15 da rua Doutor Fuas de Mattos Sabino, no Jardim Europa, ou pelo telefone (14) 3366-4050.

Seleção

A forma da seleção também mudou neste ano. Antes, os alunos contemplados eram indicados pelas diretorias das escolas municipais e estaduais por bom desempenho.

Agora, o colégio realizará três tipos de avaliações para conceder as bolsas. O candidato terá que prestar uma prova de conhecimentos gerais, passar por uma avaliação socioeconômica e por uma entrevista com membros da própria Oscip, da qual fazem parte como presidente Carlos D’Incao, diretor da escola, como secretário de educação Paulo Neves, como vice-presidente Geraldo Bérgamo e como secretário Alexandre D’ Incao.

O cursinho será noturno e as aulas serão iniciadas no dia 2 de março.

As avaliações de conhecimento gerais serão aplicadas em três dias para três diferentes grupos, dependendo da data da inscrição. Duas delas já foram realizadas, ontem e anteontem.

A prova restante ocorre,  às 19h, desta segunda, último último dia de inscrição.

Aprovação

Diretor do colégio, Carlos D’Incao, afirma que a iniciativa tem alcançado bons resultados. “Mais de 50% dos alunos que cursaram o projeto no ano passado conseguiram aprovação em universidades públicas. Outros conseguiram bolsas de ensino em universidades particulares, alguns até integral”.

“Tivemos alunos aprovados em medicina em uma universidade particular, em engenharia mecânica da Universidade Federal de São Carlos, em psicologia na Unesp, entre outros”, completa o diretor.

Ele destaca a importância de ações como essa por parte da iniciativa privada. “É um trabalho que transcende o assistencialismo. É um serviço em prol da educação”, conclui.

  • Serviço

As inscrições podem ser feitas nesta segunda. O D’Incao fica na quadra 15 da rua Doutor Fuas de Mattos Sabino, no Jardim Europa. Telefone:  (14) 3366-4050.


Grupo planeja unidade de ensino no Fortunato

Além de oferecer vagas no cursinho, Carlos D’Incao ressalta que a intenção do grupo, com a criação da Oscip “Juntos: quem sabe faz a hora”, é de reunir e parcerias para tentar abrir, já em 2016, uma unidade de Ensino Médio gratuito para atender jovens de bairros da periferia da cidade.

“Nossa meta é alcançar o Fortunato Rocha Lima, considerado um dos bairros mais carentes da cidade. A ideia é criar um ambiente sustentável, em que os beneficiados também cooperem com a manutenção da escola e que os pais desses alunos participem de cursos de formação de cidadania”, explica Carlos. Para que a ideia saia no papel, contudo, é preciso uma série de autorizações junto aos órgãos de ensino e prefeitura. Além do que, Carlos antecipa a necessidade de parcerias com empresários.

“A colaboração se daria por meio da doação dos livros utilizados no projeto”, detalha. “Se não conseguirmos apoio para montar uma unidade na periferia, implantaremos um projeto voltado ao Ensino Médio aqui mesmo na escola”, projeta Carlos D’Incao.