Bauru e grande região

Geral

Caminhada pela Vida movimenta avenida Getúlio Vargas

13/03/2016 - 11h20

Aline Mendes/Via Celular
Ato contou com grande público neste domingo

A 9.ª edição da Caminhada pela Vida, realizado pela ONG Amigas do Peito, movimentou a avenida Getúlio Vargas, neste domingo (13). Os organizadores calculam que mais de 5 mil pessoas participaram da ação, cujo objetivo é conscientizar a população acerca do câncer de mama e reivindicar a instalação de um aparelho de radioterapia acelerador linear no Hospital Estadual de Bauru (HEB).

A aquisição, segundo a ONG, é necessária para evitar o deslocamento de algumas pacientes diagnosticadas com câncer de mama a Botucatu, Jaú ou Marília para ter acesso ao equipamento, considerado de ponta.

Os manifestantes receberam kit de brindes e entregaram alimentos solicitados pela ONG, que serão destinados a entidades assistenciais e ao Amaral Carvalho, em Jaú. 

O evento contou também com o apoio de alunos e professores da FIB, que prestaram serviços gratuitos, como dosagem de glicemia, tipagem sanguínea, aferição de pressão, orientação quanto ao uso racional de medicamentos, entre outros.

Mulheres com câncer terão  aparelho, garante Famesp

Além de conscientizar a população sobre a importância do autoexame e da prevenção do câncer de mama, a ONG Amigas do Peito reivindica a aquisição de um aparelho de radioterapia acelerador linear pelo Hospital Estadual de Bauru (HEB). Em nota, a Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp), que administra o HEB, informou que, ao menos de forma provisória, as pacientes do SUS se beneficiarão da reforma do Hospital Manoel de Abreu, que interromperá os serviços de radioterapia a partir do dia 12 de março.

Para atender a demanda, o atendimento passará a ser feito, até o final das obras, em uma clínica particular, que possui o aparelho de ponta.

A Famesp esclarece, ainda, que o HEB foi contemplado com um dos 80 aceleradores lineares anunciados pelo Plano de Expansão da Radioterapia no SUS, lançado pelo Ministério da Saúde em 2012. O projeto prevê também a realização de obras para acomodá-lo.

Ainda segundo a Famesp, a previsão informada por técnicos do ministério para início das adaptações é para outubro de 2016 e, se cumprido o prazo, o aparelho começará a funcionar somente no ano que vem.

Malavolta Jr. 
Do trio elétrico, grupo anima o público que participou da Caminha pela Vida neste domingo