Bauru e grande região

Geral

Formado na Unesp de Bauru, jovem vai para Bélgica discutir a fome

por Marcele Tonelli

18/09/2017 - 07h00

Arquivo Pessoal
Filho de agricultor, Paulo escreveu sobre uma técnica que sua família usa em sua propriedade

Cinco brasileiros vão representar o País em uma conferência em Bruxelas, na Bélgica, entre os dias 9 e 13 de outubro. Entre eles, está Paulo Palma Beraldo, de 24 anos, formado em jornalismo da Unesp de Bauru. Ele, inclusive, foi premiado pelo JC, em 2012, no concurso Novos Talentos do Jornalismo (leia mais ao lado).

Cafelandense, Paulo, que hoje mora na Capital e trabalha no jornal Estadão, teve sua redação de 1,5 mil caracteres, escrita em inglês, escolhida entre 170 enviadas por todo o Brasil. Os trabalhos concorriam a uma vaga na 3. ª edição da Youth Agriculture Summit (Cúpula Agrícola da Juventude).

FOME NO MUNDO

O tema era "Como alimentar um planeta faminto?". Paulo, assim como os outros quatro brasileiros, trouxe propostas sobre como alcançar a segurança alimentar e promover a agricultura sustentável, baseados nas metas de sustentabilidade da ONU.

No total, foram selecionados 100 profissionais, de 18 a 25 anos, de 49 países.

Filho de agricultor, Paulo abordou em sua redação uma técnica que aplica a integração entre Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF). Jornalista, ele se aprofundou no tema em 2014, após reportagem em uma propriedade em Brotas. A técnica é aplicada, hoje, pela família dele na propriedade em Cafelândia.

"Trata-se de conciliar, num mesmo espaço, a produção de pastagens, grãos, carnes e madeira. Isso possibilita o aumento da produtividade, a intensificação do uso da terra e reduz a pressão para abertura de novas terras", detalha Paulo.

Segundo ele, no Brasil, já há 11,5 milhões de hectares com a técnica, que pode ser aplicada por produtores de pequeno, médio e grande porte. E há linhas de financiamento que a apoiam. "Em contato com a Embrapa, soube que a técnica é aplicada desde 1970 no Brasil", reforça Paulo.

DINÂMICA DO ENCONTRO

Em cinco dias, os escolhidos para o evento da Bélgica realizarão projetos em grupo, participarão de tours na indústria e aprenderão com palestrantes especializados. A missão deles é ter ideias novas e concretas que possam impulsionar o progresso da agricultura em todo o mundo para serem colocadas em prática quando os participantes retornarem para casa.

"É uma grande responsabilidade representar o Brasil, somos um dos principais produtores de alimentos no mundo. Tudo o que fazemos aqui vira referência lá fora", comenta Paulo.

Além dele, irão à Bélgica Letícia Marques, 21 anos, estudante de biotecnologia da Universidade de Brasília; Tamires Lacerda,22 anos, estudante de Relações Internacionais da PUC-MG; Augusto Akira, 19 anos, estudante de engenharia agronômica da Universidade Federal de Santa Catarina; e Caio Cugler, 24 anos, estudante de engenharia agronômica da USP.

Sobre a conferência

A Youth Ag Summit é uma conferência global que visa inspirar e conectar a próxima geração de jovens líderes à agricultura e demais disciplinas relacionadas.

Na conferência, 100 jovens líderes se reunirão para compartilhar perspectivas e criar um diálogo aberto sobre o tema. A Youth Ag-Summit faz parte do Programa de Educação Agrícola da Bayer, empresa que selecionou os participantes, e visa criar conscientização a respeito de alimentos e agricultura em todo o globo.

Premiado pelo JC

Em 2012, Paulo Beraldo foi premiado no concurso Novos Talentos do Jornalismo, promovido pelo Jornal da Cidade em parceria com a Agência Jornal Júnior da Unesp.

Ele obteve o primeiro lugar na categoria Educação e Cultura com o texto "Em busca do tempo perdido". Além de levar um tablet para casa, Paulo ainda teve o seu texto publicado no JC.