Bauru e grande região

Geral

Projeto verão: para turbinar os músculos

Alimentos ajudam na reparação e na construção das fibras musculares

por Evelin Azevedo

11/12/2017 - 07h00

Com o fim do ano chegando, muitas pessoas já começam a pensar em pôr em prática seu "Projeto Verão 2018". Engana-se quem pensa que para conquistar aquele corpo bonito basta pegar pesado na musculação.

Além de exercícios frequentes, é preciso seguir uma alimentação correta, que ajude na formação e na regeneração muscular.

"Para os músculos ficarem fortes, são necessárias algumas etapas: treino intenso, descanso muscular e alimentação adequada. Quando você faz um exercício físico, as fibras musculares são rompidas, e esses alimentos, em forma de aminoácidos, vão trabalhar na reparação e na construção dos tecidos, aumentando a massa muscular", explicou a nutricionista Andrea Marim, especialista em Nutrição Esportiva.

Os alimentos também são fundamentais para o bom funcionamento dos músculos durante os treinamentos, ajudando a evitar problemas. "Eles ajudam a prevenir dores e lesões musculares. Por isso, é importante ter atenção redobrada na hora de montar as refeições, pois proteínas, grãos, carboidratos e gorduras boas proporcionam mais resistência e contribuem para o processo de recuperação de lesões", disse o endocrinologista Francisco Tostes, especialista em Medicina do Esporte e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

É errado achar que encher o prato de variadas fontes de proteínas e comê-las de uma vez pode aumentar o ganho de massa muscular. O corpo só consegue aproveitar determinada quantidade de proteínas. "Todo o excedente será descartado. Então, devemos respeitar a individualidade e calcular o quanto cada pessoa precisa de proteína. Se comer demais, pode acabar engordando", alertou a nutricionista Andrea Marim.