Bauru e grande região

Geral

Arraiá Aéreo: três aeronaves históricas chegam a Bauru

Evento idealizado pelo astronauta Marcos Pontes acontecerá nos dias 9 e 10 de junho no Aeroclube; aviões ficarão no hangar do Águia da PM até o evento

por Marcele Tonelli

13/05/2018 - 19h05

A 26 dias do maior evento da aviação na região, Bauru já começa a receber aeronaves que serão as estrelas nos dias da 5.ª edição do Arraiá Aéreo. Neste domingo (13), três aeronaves históricas pousaram na cidade e permanecerão no hangar da base da Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar, mais conhecida como Águia, até os dias 9 e 10, datas do evento.

São os aviões: T-6, que foi utilizado pelos Estados Unidos na guerra contra a Coreia, na década de 50; o P-19B FairChild, réplica do modelo de 1943 que era utilizado pelas Forças Armadas Norte Americanas e que posteriormente foi adotado pela Força Aérea Brasileira (FAB); a última é a réplica da aeronave alemã Bucqer, usada para treinamento nazista na época da Segunda Guerra Mundial.

São aeronaves de motor a pistão e que atingem no máximo 4 mil metros de altura durante o voo.

Além destes três aviões, outras onze aeronaves acrobáticas da Aviação Civil são esperadas no evento, além da presença da Esquadrilha da Fumaça, do 14 BIS e da Deimoselle que farão show no domingo, e do Jato L-39.

Aurélio Alonso
T-6 era de um colecionador nos Estados Unidos e foi adquirido há 5 anos

T-6

Piloto e proprietário das aeronaves, Alberto Bazaia Júnior conta que o T-6 era de um colecionador nos Estados Unidos e foi adquirido há 5 anos, desde então, tem sobrevoado o Brasil em eventos aéreos. "Temos toda a história dele. É um avião que era da Marinha americana e atacou a Coreia depois de decolar de um navio em alto mar. Como é uma aeronave que realiza acrobacia, o mesmo modelo chegou a ser utilizado pela Esquadrilha da Fumaça no Brasil antes dos Tucanos", conta Bazaia Júnior.

Além desta que estará em Bauru, há somente outras três aeronaves do mesmo modelo no Brasil todo.

AO PÔR DO SOL

A aeronave T-6, segundo explica astronauta Marcos Pontes, idealizador do Arraiá Aéreo, irá voar no encerramento do evento, ao pôr do sol do domingo.

"Será um momento de inspiração e sonhos. Quando eu era jovem, me posicionava no Aeroclube, onde existe hoje meu monumento, e ficava olhando para a aeronave T-6, que fazia parte da Esquadrilha. Naquela época, eu sonhava pilotá-la", ressalta Pontes.

Os horários de voos das outras duas aeronaves citadas ainda não foram definidos pela organização, mas todas farão voos nos dois dias de festa.

Aurélio Alonso
Da esquerda para a direita, avião T-6, avião P-19B FairChild e a aeronave alemã Bucqer

BUCQER

A réplica do avião alemão Bucqer é utilizada hoje no Brasil como uma aeronave de acrobacias. Alberto Bazaia Neto é quem a pilotará no dia do evento em Bauru.

"A cor é outra e o motor também, mas o modelo é histórico, era usado para treinamento pelos nazistas. Ela solta fumaça e chega a 270 quilômetros por hora", detalha Alberto Neto.

P-19B

O avião modelo P19-B FairChild também é réplica dos utilizados pelas Forças Armadas Americanas e que, posteriormente, foi adotado pela FAB.

"Foi comprado de um colecionador nos Estados Unidos. Além deste, existem outros dois no Brasil apenas. E a pintura é original", cita o piloto Claudio Ambiel Júnior.

Atração NASA

Aurélio Alonso
O astronauta Marcos Pontes

Marcos Pontes diz que outro evento confirmado no Arraiá é uma atração em parceria com a Nasa, baseada na Missão OSIRIS-REx. Que é uma missão de ciência planetária, a terceira selecionada no Programa New Frontiers, depois de Juno e New Horizons. O lançamento ocorreu no dia 8 de setembro de 2016. A missão consiste em estudar e coletar amostras do asteroide 101955 Bennu, um asteroide carbonáceo, chegando a Terra de volta em 2023.

Especula-se que o material trazido pelo coletor de amostras permitirá aos cientistas perceber o que aconteceu antes da Formação e evolução do Sistema Solar, os estágios iniciais da formação do planeta e a fonte dos compostos orgânicos que levou à formação de vida.

Confira vídeo do momento do pouso da aeronave T-6: