Bauru e grande região

Geral

Carreata de São Cristóvão reúne milhares em busca de bênçãos

Cerca de 2 mil veículos participaram do cortejo; paróquia tem celebração durante todo o dia

por Samantha Ciuffa

21/07/2019 - 12h48

Samantha Ciuffa
Padre Marcos Pavan fez a bênção aos milhares que integraram a carreata

“A sensação é inexplicável. Você sai daqui e parece que vai viajar, amanhã, até mais leve.” As palavras de Rogério Francisquini, motorista de 45 anos e devoto de São Cristóvão, demonstram a emoção dos milhares de fiéis que participaram da tradicional carreata em celebração ao santo, na manhã deste domingo (21), em Bauru.

O clima de tranquilidade e paz prevaleceu entre os motoristas, que estavam em busca da benção divina. Entre caminhões, ônibus, carros e motos, a carreata reuniu cerca de 2 mil veículos, que saíram da Nações Unidas e percorreram várias ruas da cidade até chegar na Paróquia de São Cristóvão, na avenida Nossa Senhora de Fátima. Para receber a bênção, até pessoas com bicicletas e pedestres passaram pelo local.

Rogério é motorista de caminhão e transporta máquinas para todo o Brasil. Sempre trabalhou viajando, mas nunca sofreu nenhum acidente. “Tenho certeza que é devido à proteção de São Cristóvão”, explica. Junto com o filho Matheus, de 8 anos, o caminhoneiro fez questão de descer do veículo para tirar uma foto com o padre Marcos Pavan. “Sou muito devoto, faço aniversário hoje, bem próximo do dia do santo”, completa.

Carlos Roberto Guimarães, 60, aposentado, e Terezinha Altina dos Santos, 59, chegaram até antes de começarem as bênçãos. Por volta das 8h30, ambos já estavam em frente à paróquia em busca de proteção.

“Meu pai e meu irmão são caminhoneiros. Meu irmão, inclusive, já sofreu acidente. O caminhão deu perda total e ele ficou muito mal, mas Deus esteve à frente e, hoje, ele já está trabalhando com outro caminhão”, narrou Terezinha.

Já Carlos, que costumava viajar muito a trabalho, garante que o motivo principal de estarem ali é a devoção. Apesar de terem sido um dos primeiros a passar pelo padre, eles continuavam estacionados, assistindo à carreata.

ESTREIA

Este é o primeiro ano que o padre Marcos Pavan atua como pároco na festa de São Cristóvão. “É uma alegria muito grande ver toda essa carreata e o pessoal se envolvendo nesta festa tão bonita. A devoção desse santo é grande, é um santo muito popular”.

É o primeiro ano, também, que Josué Teodoro de Carvalho, de 50 anos, carrega a imagem do santo em seu caminhão. “É o nosso único dia, é importante participar. A gente precisa de uma proteção divina”, garante o motorista.

As comemorações da 54.ª edição da festa de São Cristóvão já começaram neste sábado (21) com missas e a quermesse da paróquia. A festa continua durante todo este domingo (21) e, às 19h30, o padre Marcos Pavan rezará a missa de encerramento.

DIA DO SANTO

Vale destacar que, apesar de os festejos serem neste final de semana, São Cristóvão é celebrado oficialmente na próxima quinta-feira, 25 de julho. Por isso, a data também não irá passar em branco. Na ocasião, Dia do Motorista, haverá missa às 20h com benção de chaves, documentos e condutores.

A Paróquia de São Cristóvão fica na quadra 15 da avenida Nossa Senhora de Fátima.

Samantha Ciuffa
Josué Teodoro de Carvalho carregou imagem do santo

Samantha Ciuffa
Matheus e Rogério Francisquini com Marcos Pavan

Samantha Ciuffa
Terezinha Altina dos Santos e Carlos Guimarães

Samantha Ciuffa
Carreata pela avenida Nossa Senhora de Fátima

Samantha Ciuffa
Padre Marcos Pavan abençoou muitos caminhoneiros

Samantha Ciuffa
Caminhões e carros tomaram a av. Nações Unidas