Bauru e grande região

Bairros

Ronda Escolar inicia com 48 vigilantes

Nesta sexta-feira, as quatro viaturas que serão utilizadas foram entregues; serviço começará já na próxima segunda

14/09/2019 - 05h12

Priscila Medeiros/Divulgação

Prefeito Gazzetta e vigilantes contratados participaram da entrega das viaturas nesta sexta-feira

O prefeito Clodoaldo Gazzetta e a secretária de Educação, Isabel Miziara, receberam nesta sexta-feira (13), no pátio da prefeitura, as quatro viaturas da Ronda Escolar Municipal. Com um total de 48 vigilantes, o serviço, vinculado à Divisão de Vigilância, começa a funcionar já nesta segunda-feira (16), a partir das 6h.

"As escolas já tiveram instaladas câmeras de monitoramento e, agora, teremos a Ronda Escolar, que é um suporte a mais nesse processo. Um processo que, desde o início, já tem um êxito enorme, porque reduzimos o vandalismo e o furto às escolas pela metade e esperamos zerar esse índice agora com a Ronda Escolar", destaca Gazzetta.

Além de patrulhar as imediações das escolas e proteger o patrimônio público, os vigilantes vão manter contato direto com a população, com objetivo de criar envolvimento com a comunidade e oferecer um serviço mais adequado a cada região de Bauru.

O deputado federal Capitão Augusto, que participou do ato da entrega, destacou o pioneirismo do modelo de ronda adotado pela prefeitura. "A Polícia Militar tem essa experiência da ronda nas escolas como uma ação muito bem-sucedida. Tenho certeza que o pioneirismo dessa ação, com o município, também será de grande êxito".

OITO VEZES AO DIA

Conforme o JC noticiou, cada unidade escolar deverá ser visitada oito vezes ao dia, em média, a cada três horas, além de contar com atendimento a eventuais chamados de emergência.

Para isso, a cidade foi dividida em quatro grandes setores, que correspondem às bases regionais da Vigilância da Prefeitura: Vila Independência, Bela Vista, Redentor e São Geraldo. Elas servirão de pontos de apoio das viaturas.

A empresa licitada comprou os veículos zero quilômetro e contratou 48 vigilantes capacitados para realizar o serviço, bem como uniformes, telefones celulares e demais equipamentos.

Os vigilantes portarão armas não letais (cassetetes, sprays de pimenta e pistolas elétricas) e vão se revezar entre base de apoio e ronda motorizada, em escala de 12 horas, possibilitando o funcionamento do serviço 24 horas por dia.

A vigência do contrato é de 30 meses. O custo do serviço, de R$ 236 mil mensais, será pago com a dotação orçamentária da Secretaria Municipal de Educação, totalizando investimento de R$ 7.080.000,00.

"Além de garantir mais segurança para as nossas escolas, é um serviço que gerou muitos empregos e isso só traz impactos positivos para a cidade", destacou a secretária municipal de Educação, Isabel Miziara.

PRESENÇA

Também compareceram à entrega os secretários Sidnei Rodrigues (Obras), Etelvino Zacharias (Sear) e Letícia Kirchner (Planejamento); a chefe de Gabinete, Majô Jandreice; o presidente da Emdurb, Elizeu Eclair; o diretor da Divisão de Vigilância da Prefeitura, Aloísio Ramos; os vereadores Fábio Manfrinato, Milton César Sardin, Luiz Carlos Bastazini e Luiz Carlos Barbosa; o capitão PM Júlio Prado Loureiro, representando o tenente-coronel Ézio Carlos Vieira de Melo, comandante do 4.º BPM-I; os sócios da empresa licitada para a ronda, Leone Carlin e Luana Carlin; os vigilantes contratados; e servidores da Secretaria Municipal de Educação e da Divisão de Vigilância da Prefeitura.

Ler matéria completa