Bauru e grande região

Geral

Morre Olga Bicudo, presidente da Apae Bauru, aos 91 anos de idade

Ela faleceu em uma UPA da cidade, vítima de parada cardíaca, depois de passar mal em casa

25/12/2019 - 20h12

Samantha Ciuffa/Arquivo

Bauru perde dona Olga Bicudo

Morreu, por volta das 19h desta quarta-feira de Natal (25), a presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Bauru, Olga Bicudo, aos 91 anos. Segundo familiares, ela faleceu em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, vítima de parada cardíaca, depois de passar mal em casa.

A história de dona Olga, como era carinhosamente chamada, se confunde com a da Apae. Ela presidia a entidade há quase quatro décadas. Nascida em 29 de fevereiro de 1928, em Pederneiras, ela era professora e filha de Edgard Bicudo e Itália Agnelli Bicudo.

Embora dona Olga tenha se casado, em 1955, com o caixeiro viajante Jessé Zuiani Tognozzi, já falecido, não teve filhos. Em matéria publicada pelo JC em 28/2/2018, por conta de seus 90 anos a serem completados no dia seguinte, ela contou que, em 1968, o seu sobrinho Edgard Bicudo Nunes Pinto - na época, com 15 anos - se mudou para a residência do casal. Edgard morou com a presidente da Apae de Bauru até 1978, quando se casou. "Naquela época, ela já era a benemérita que é hoje, enfim, um anjinho que Deus mandou para nós", elogiou o sobrinho na matéria publicada em 2018.

O velório do corpo de Olga Bicudo ocorre a partir das 23h desta quarta-feira no salão nobre 2 do Centro Velatório Terra Branca (rua Gerson França, 5-55, Centro). O sepultamento será no Cemitério Jardim do Ypê, nesta quinta-feira, em horário ainda não divulgado.

A matéria completa você confere na edição desta quinta do Jornal da Cidade.

Ler matéria completa