Bauru e grande região

Geral

Volta às aulas sem material e uniforme

Secretaria afirma que uniformes foram entregues fora das especificações e que materiais escolares que faltam chegarão este mês

por Ana Beatriz Garcia

07/02/2020 - 05h18

Arquivo

Fornecedor não cumpriu especificação em relação ao uniforme dos alunos do ensino fundamental

Na quarta-feira (5), mais de 20 mil alunos retornaram às aulas em 80 escolas da rede municipal de Bauru. No entanto, em mais um ano, o que não retornou junto com os alunos foram o material escolar e o uniforme. Sobre este último, a Secretaria de Educação informou que a entrega foi suspensa por estar em desacordo com o pedido e que os materiais escolares que faltam serão entregues ainda em fevereiro.

Uma mãe de aluno, que não quis ser identificada, entrou em contato com a Redação do Jornal da Cidade para falar sobre o primeiro dia de aula de sua filha e neto na EMEF Cônego Aníbal Difrância e EMEII Etelvina de Araújo Almeida, respectivamente. "As aulas começaram normais, mas o material não chegou, em nenhuma. Os uniformes chegaram pela metade, mas estão fora do tamanho adequado", afirma.

Ela questiona um vídeo publicado pela assessoria de comunicação da prefeitura, em que a secretária da Educação, Isabel Miziara, fala sobre a entrega de materiais e uniformes no retorno às aulas. "Ela diz que eles serão entregues, mas não é bem assim. Isso sem contar a condição das escolas. Faltam lâmpadas, chove dentro, acho um descaso. A única coisa que não se pode reclamar é sobre as merendas", diz.

SUSPENSO

A Secretaria de Educação informou, em nota, que recebeu os kits de uniformes para todos os alunos do sistema municipal de ensino. Entretanto, o fornecedor não cumpriu as especificações do edital com relação aos uniformes destinados aos alunos do ensino fundamental.

Sendo assim, de acordo com a secretaria, a entrega foi suspensa e haverá o recolhimento desses uniformes para as medidas cabíveis em termos de legalidade.

"Assim que tudo for resolvido, todos os alunos receberão os uniformes", afirma o texto. Sobre os materiais escolares, a secretaria confirmou, por meio da assessoria, que faltam os materiais de uso individual, como lápis, borracha, lápis de cor, caneta e cadernos e serão entregues ainda em fevereiro. Mas que demais materiais de uso coletivo relacionados à papelaria já estão à disposição do Rede Municipal de Ensino.

Ler matéria completa