Bauru e grande região

Bairros

Construtora anuncia mais 461 moradias sociais no município

Casas do Vida Nova Bauru 2 são para famílias com renda de até 5 salários mínimos

por Marcele Tonelli

12/03/2020 - 06h00

Tainá Vétere

Markinho de Souza, Nelson Calsavara, Gazzetta, Letícia Kirchner e Fred Escobar na prefeitura, ontem

Considerado o novo bairro popular da cidade, o Vida Nova Bauru teve a segunda fase anunciada na prefeitura nesta quarta-feira (11). Mais 461 moradias de interesse social - destinadas para famílias com renda de até 5 salários mínimos - serão construídas no residencial situado no quilômetro 347 mais 856 metros da rodovia Cezário José de Castilho, a Bauru-Iacanga, Zona Norte de Bauru.

Na primeira fase, há 8 meses, a construtora Pacaembu anunciava outras 677 moradias, que já estão em obras. Deste total, 90% das casas já foram comercializadas, segundo a Pacaembu, o que gerou a antecipação da segunda fase, que prevê investimentos na ordem de R$ 61 milhões. Há expectativa de geração de 1,5 mil postos de trabalho diretos e indiretos com a continuidade do projeto.

PLANTA E ESTRUTURA

A maioria das casas é construída em terrenos de 160 metros quadrados e contam com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço coberta. Os imóveis são avaliados em cerca de R$ 132 mil e entregues com piso cerâmico. Há ainda a possibilidade de compra de terrenos de esquina, que têm até 230 metros quadrados. A construtora realiza ainda adaptação especial do imóvel para pessoas com deficiências e mobilidade reduzida, nanismo e para idosos.

O novo bairro formado pelo Vida Nova Bauru ocupa área total de 368 mil metros quadrados, com infraestrutura completa de iluminação, água, esgoto, asfalto, áreas verdes e playgrounds. Está prevista também construção de uma nova UBS, que atenderá moradores do novo bairro e de toda a região.

CONDIÇÕES

O Vida Nova Bauru da Pacaembu Construtora tem parceria da prefeitura, por meio do programa Casa & Cidadania, e da Caixa Econômica Federal.

Junto ao Minha Casa Minha Vida, é possível obter subsídios de até R$ 31.665,00. "E o financiamento é facilitado com parcelas mensais a partir de R$ 480", cita o gerente regional da Caixa, Nelson Antônio Calsavara. Há também parcelamento da entrada em até 60 meses e possibilidade de uso do FGTS. As casas têm documentação gratuita.

"Os lançamentos contínuos comprovam a credibilidade da Pacaembu e uma economia pujante na cidade, a população precisa de casas", cita Fred Escobar, diretor comercial da construtora. "São residências confortáveis e seguras, construídas em terrenos que permitem ampliações".

IMPACTO

Durante o anúncio, o prefeito Clodoaldo Gazzetta e a secretária de Planejamento Letícia Kirchner enalteceram a parceria. "Não são só casas. São bairros planejados e para inclusão social. Bauru estará sempre de portas abertas para iniciativas como a da Pacaembu", diz Gazzetta, explicando que uma grande avenida urbana é prevista para acesso ao local sem uso da rodovia.

Letícia lembra que, nos últimos 10 anos, os programas habitacionais visaram apenas apartamentos e que muita gente não se adaptou. "Muita gente sairá do aluguel em razão das parcelas acessíveis, o que pode gerar queda no valor da locação", acrescenta.

Visitação e casa modelo

Para possibilitar que os clientes conheçam a estrutura, a Pacaembu iniciará, neste sábado (14), das 9h às 18h, a comercialização no canteiro do próprio empreendimento, no quilômetro 347 mais 856 metros da Bauru-Iacanga. Uma casa decorada e uma vazia (como será entregue aos compradores) podem ser visitadas. As inscrições para o Vida Nova 2 seguem até 31 de março nos horários citados. Informações: www.pacaembu.com.

Ler matéria completa