Bauru e grande região

Geral

Polícia Civil limitará atendimento durante a quarentena

Intimações estão suspensas e mais crimes podem ser denunciados online

por Ana Beatriz Garcia

25/03/2020 - 06h00

Diante das várias medidas diante da pandemia da Covid-19, até o dia 7 de abril (final da quarentena estipulada pelo governo do Estado), a Polícia Civil passará a limitar o acesso de entrada de pessoas nas unidades, além de suspender determinadas intimações e ampliar a lista de ocorrências passíveis de registro na Delegacia Eletrônica. A medida passa a valer a partir desta quarta (35).

"A ideia é que as pessoas busquem o serviço presencial apenas em casos extremos, como homicídios, latrocínios, estupros e violência doméstica", afirma o diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior 4 (Deinter-4), o delegado Marcos Buarraj Mourão.

A limitação, segundo ele, será realizada em casos de aglomerações, por meio de senhas. Além disto, já foram expedidas orientações e regulamentações internas, de suspensão das intimações para os procedimentos que assim permitirem e, principalmente, a ampliação do rol das ocorrências passíveis de registro na Delegacia Eletrônica, por meio do site https://www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br/ssp-de-cidadao/home.

A partir de hoje, esta lista será ampliada, com inserção dos crimes de roubo ou furto a residência; roubo ou furto a estabelecimento comercial; crimes contra o consumidor; roubo ou furto de carga; ameaça; estelionato; entre outros.

A Polícia Civil, ainda que de forma contingenciada, afirma que continuará desenvolvendo seu trabalho, estando apta a agir prontamente com a lavratura de autos de prisão em flagrante e registros de ocorrências de crimes graves, que demandam providências imediatas.

Ler matéria completa