Bauru e grande região

 
Polícia

Autor de homicídio é preso e Polícia Civil aponta ciúme como motivação

Após investigações do Deic, acusado de assassinato do último domingo (14) se entregou na manhã desta quarta-feira (17)

por Ana Beatriz Garcia e Cinthia Milanez

18/06/2020 - 05h00

Malavolta Jr./JC Imagens

Delegado Rogério Dantas fala sobre as investigações

A Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações de Homicídios do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Bauru, esclareceu o assassinato ocorrido no bairro Colina Verde, que vitimou Gustavo dos Santos Carvalho, de 28 anos, no último domingo (14). O acusado se entregou à polícia e foi preso na manhã desta quarta-feira (17). Segundo ele, a motivação do conflito que gerou a morte foi ciúme.

Gustavo morreu após levar uma facada no peito em frente a um residencial. De acordo com a Polícia Civil, a vítima vivia no mesmo condomínio do autor, mas em blocos diferentes. A vítima chegou a dar entrada na UPA do Núcleo Mary Dota, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Responsável pelo caso, o delegado Rogério Dantas, da 1.ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG), afirma que, depois do ocorrido em frente ao residencial, as apurações chegaram a P. R. S. (somente as iniciais foram divulgadas), de 38 anos. "Após várias diligências, conseguimos qualificar o autor e, posteriormente, localizamos onde ele estava escondido. Sabendo da prisão iminente, ele se apresentou à polícia junto de seu advogado", afirma.

Na manhã de ontem, foi dado o cumprimento do mandado de prisão que o autor já tinha em aberto e ele ficou preso, sendo encaminhado à Cadeia Pública de Avaí onde ficará à disposição da Justiça.

PASSIONAL

Ainda de acordo com o delegado, a desavença entre os dois teria motivo passional. "O autor tinha ciúme da esposa com a vítima, que estava apartando um desentendimento de terceiros. Por lá, os dois entraram em conflito, o que resultou na facada", diz Dantas.

Ler matéria completa