Bauru e grande região

 
Geral

No Estado de São Paulo, agências do INSS seguem fechadas

Órgão recorrerá da decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região

14/09/2020 - 09h27

Vinicius Bomfim

Por volta das 9h, o INSS em Bauru registrou pouca movimentação nas filas

Por força de decisão judicial do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, a reabertura das agências do INSS em São Paulo foi adiada sem data definida para reabertura. Assim, os segurados que tinham agendado atendimento devem desconsiderar e proceder com a remarcação pelo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Em Bauru, com os atendimentos cancelados, seguranças estão na porta da agência orientando a população a procurar os canais remotos do INSS, pelo telefone 135 ou pelo site "Meu Inss".

Por volta das 9h, a agência de Bauru já não registrava filas como mais cedo, mas o descontentamento por conta do cancelamento dos atendimentos era geral. "Saí da minha cidade às 5h, agendei o atendimento há um mês e quando cheguei aqui, fui orientado a remarcar o atendimento e ficou por isso mesmo", disse o operador de máquina agrícola, João Paulo Maia, de 30 anos, que está com a mão machucada por conta do serviço e não recebe auxílio há um mês.

O INSS, através da Procuradoria Federal Especializada - INSS (PFE-INSS), recorrerá da decisão, e espera que a Justiça entenda o caráter essencial do serviço prestado por esta autarquia. O INSS destaca que a reabertura das agências se mostra indispensável para que parte da população que necessita dos serviços presenciais não seja prejudicada, especialmente neste momento de pandemia, informa nota enviada à imprensa.

Por fim, o INSS tem certeza de que o servidor público do INSS, da carreira do seguro social, tem orgulho e sabe da importância do seu papel de servir à população brasileira, especialmente nos momentos mais difíceis para o cidadão, no qual citamos a incapacidade para o trabalho, a vulnerabilidade social e, não menos importante, o envelhecimento da população, conclui o texto. 

Ler matéria completa