Bauru

Geral

Junho já supera em mil casos o recorde anterior da pandemia

Bauru também atingiu, nesta quarta-feira, a marca de 50 mil registros da Covid-19

por Vitor Oshiro

24/06/2021 - 05h00

JuRehder

Covid-19: Casos por mês

Faltando ainda sete dias para terminar, junho já supera todos os meses anteriores da pandemia em relação a novos casos da Covid-19 em Bauru. Até agora, são 1.091 confirmações da doença a mais do que maio passado inteiro, recorde mensal até então do coronavírus na cidade (veja mais no quadro).

O montante de 6.519 casos da doença neste mês foi atingido nesta quarta-feira (23), com a confirmação de outros 246 registros, conforme trouxe o boletim epidemiológico mais recente. Essa quantidade também faz Bauru ultrapassar a marca de 50 mil notificações da Covid-19 desde o início da pandemia: 50.114 foram infectados com o novo coronavírus, sendo que, desse total, 44.101 são considerados curados.

MAIS NOVE ÓBITOS

O boletim trouxe, ainda, mais nove óbitos, totalizando 1.030 vítimas fatais por conta da Covid-19. Há, ainda, uma morte suspeita em investigação.

Os óbitos mais recentes ocorreram todos em unidades hospitalares de Bauru nas seguintes datas: 18 de junho (homem, 56 anos, sem comorbidades, internado em hospital particular; homem, 81 anos, internado em hospital particular, com diabetes, cardiopatia e doença neurológica crônica), 20 de junho (homem, 58 anos, atendido em um serviço público, com cardiopatia e doença renal crônica), 21 de junho (mulher, 35 anos, sem comorbidades, internada em hospital público), 22 de junho (mulher, 57 anos, sem comorbidades, internada em hospital público; mulher, 66 anos, internada em hospital público, com hipertensão e obesidade; e mulher, 47 anos, internada em hospital público, com obesidade e diabetes), 23 de junho (homem, 98 anos, sem comorbidades, internado em hospital público; e homem, 64 anos, internado em hospital público, com cardiopatia).

LOTAÇÃO

As 70 UTIs no Hospital Estadual e HC tinham, ontem, 76 pacientes graves, uma superlotação de 106%. Enquanto isso, as unidades de urgência contavam com 27 leitos ocupados, sendo que 11 pessoas aguardam por UTIs e 16 por leitos de enfermaria nos hospitais do Estado.

Outros 15 pacientes, sendo dois leitos extras, estão em tratamento no PAC, após o credenciamento desses leitos.

Ler matéria completa