Bauru

Geral

Tomógrafo do HE quebra e 50 pessoas são transferidas ao Base para exames

Secretaria de Estado da Saúde informou que manutenção do único aparelho da unidade começou nesta quinta-feira (21)

por Larissa Bastos

22/10/2021 - 05h00

Aceituno Jr.

Com a quebra do único tomógrafo, Hospital Estadual de Bauru está há cerca de três semanas sem realizar exames importantes

O Hospital Estadual (HE) de Bauru está, há cerca de três semanas, com seu único tomógrafo quebrado. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, nesse período, ao menos 50 pacientes da unidade precisaram ser transferidos ao Hospital de Base (HB) para realizar o exame, considerado essencial para diagnosticar várias doenças, incluindo o câncer e o agravamento pulmonar da Covid-19. A pasta informou que a manutenção do equipamento começou nesta quinta-feira (21).

A denúncia da situação partiu de uma leitora do JC, que pediu para não ser identificada. Ela narra ter visto, enquanto acompanhava uma pessoa na unidade, pacientes serem transferidos ao Base - que conta com um tomógrafo - em ambulâncias para realizar o exame. "Os pacientes internados ficam mais frágeis e, mesmo com todo o cuidado dentro ambulância, balança muito por conta das ruas esburacadas. No dia, estava meio nublado. É perigoso até o paciente pegar um resfriado no trajeto. Um hospital do porte do Estadual não pode ficar sem tomografia", criticou.

'MANUTENÇÃO'

A Secretaria de Estado da Saúde informou, por meio de nota, que o tomógrafo do HE está em fase de manutenção, mas assegurou que todos os pacientes estão com assistência garantida no Hospital de Base nesse período. "O fabricante realizou a importação de uma peça necessária para reparo do equipamento, que deve ocorrer a partir desta quinta-feira (21). O transporte ao HB é feito em ambulâncias do próprio HE, devidamente equipadas e seguras para deslocamento de pacientes", explicou.

A pasta pontuou ainda que, mesmo com a quebra no equipamento, durante a tarde de ontem, nenhum paciente do HE aguardava a realização do exame. "Cerca de 50 pacientes [do HE] realizaram o exame no Hospital de Base de Bauru", concluiu.

Ler matéria completa

×