Bauru

Geral

Seguem abertas inscrições para projeto de melhorias em moradias da Vila do Sucesso

Selecionados receberão orientação técnica para fazer intervenções nos imóveis ou para corrigir obras em andamento

por Guilherme Tavares

21/01/2022 - 09h16

Divulgação

Moradores da Vila do Sucesso e coordenadores do Projeto Morar Melhor durante lançamento da iniciativa no sábado (15)

Segue até este sábado (22) o cadastramento de moradores da Vila do Sucesso, antigo Ferradura, no Projeto Morar Melhor, promovido pelo Instituto Soma em parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo (CAU). Serão selecionadas 60 famílias para receber orientação técnica gratuita em suas obras ou intervenções nos imóveis.

Nesta sexta-feira (21), o cadastramento está sendo feito até às 17h na Sede da Associação Comunitária Caná, na Rua Paulo Kinoshita, 4-40, no Bairro Vila do Sucesso. Ainda nesta sexta-feira é possível preencher o formulário das 17h às 18h30 na Rua XIII, em frente ao Centro Comunitário. Já no sábado, encerramento, o registro de interessados será feito das 10h às 12h também na sede da Associação Caná.

O lançamento da iniciativa, realizado no último dia 15, contou com grande número de moradores, autoridades e membros de conselhos de classe de engenharia e arquitetura.

As ações de consultoria serão realizadas com as famílias selecionadas entre fevereiro e junho deste ano e vão contar com a participação de um mestre de obras e de um arquiteto em cada moradia. A ideia é auxiliar tecnicamente famílias com intenção de reformar ou fazer manutenção no imóvel. Vale ressaltar que o projeto não fornecerá nenhum tipo de material de construção ou mão de obra. Esses custos ficam a cargo do próprio morador.

De acordo com a diretora executiva do Instituo Soma e coordenadora do projeto, Letícia Kirchner, o objetivo é qualificar as moradias que já existem no local. “Seja para resolver um problema de infiltração, trinca, vazamento, telhado, nós queremos ajudar a melhorar a casa", define.

Podem participar moradores da Vila do Sucesso que tenham passado pelo processo de regularização cuja renda familiar total seja de até três salários mínimos e também não tenha nenhum outro imóvel no seu nome. O critério de seleção vai priorizar famílias que já tenham alguma obra em andamento ou com disposição para fazê-la até junho. Os moradores receberão uma visita agendada, com duração de quatro horas, de um arquiteto e um mestre de obras que farão uma vistoria no local.

OFICINAS

Além da consultoria individual, moradores do bairro também contarão com ações coletivas através de oficinas, que serão oferecidas a partir de fevereiro. Serão oferecidas 20 oficinas semanais abordando temas relacionados a questões que afetam a moradia e a qualidade de vida, como dicas de construção e reparo, conservação patrimonial, descarte de resíduos, instalações sanitárias, entre outros. Serão 30 vagas por curso e não é preciso se inscrever previamente. Elas serão realizadas também na Sede da Associação Comunitária Caná, sempre às quartas-feiras, a partir das 19h30.

Ler matéria completa

×