Bauru e grande região

Internacional

CPI paraguaia mira acordo sobre a Itaipu

Caso envolve renegociação da venda de energia da Itaipu

por Estadão Conteúdo - Site

11/08/2019 - 06h00

Assunção - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada pelo Congresso do Paraguai para apurar a atuação do presidente Mario Abdo Benítez e do vice-presidente Hugo Velázquez no acordo para renegociação da venda de energia de Itaipu vai investigar supostos privilégios à empresa brasileira Léros, ligada ao empresário Alexandre Giordano, suplente do senador Major Olímpio (PSL-SP).

Segundo o senador Eusebio Ramón Ayala, do Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA), nomeado para compor a comissão, existem indícios de que a Léros recebeu tratamento preferencial em relação às demais empresas que demonstraram interesse à Administração Nacional de Eletricidade (Ande, a Eletrobrás paraguaia) em intermediar a venda da energia excedente para o país vizinho.

A CPI composta de dez parlamentares deve ser oficialmente instalada nesta semana.

Ler matéria completa