Bauru e grande região

Internacional

Alberto Fernández vence Macri com folga nas primárias argentinas

Candidato, que concorre com Cristina Kirchner em sua chapa como vice, obteve cerca de 47% dos votos contra 32% do atual presidente

12/08/2019 - 11h06

Agustin Marcarian/Reuters

Alberto Fernández votou neste domingo

O peronista Alberto Fernández, que concorre à presidência da Argentina com a ex-presidenta Cristina Fernández de Kirchner em sua chapa como vice, ganhou as eleições primárias neste domingo. Com quase 90% das urnas apuradas, Fernández vencia por 47% dos votos, enquanto que o presidente Mauricio Macri levava 32% da preferência. O primeiro turno das eleições gerais está marcado para 27 de outubro.

Macri reconheceu a derrota: "Hoje tivemos uma eleição ruim". Caso esses resultados se repitam nas eleições, Fernández será o novo presidente argentino. De acordo com a reforma constitucional de 1995, caso algum candidato consiga 45% dos votos ou 40% dos votos com 10 pontos de vantagem sobre o segundo lugar, não há necessidade de segundo turno. "Estamos contentes, alegres e otimistas que muitos argentinos compreendam que as coisas devem mudar na República Argentina", disse Kirchner em mensagem gravada em vídeo.

Ler matéria completa