Bauru e grande região

Internacional

Candidato opositor na Argentina defende Lula e rebate críticas

por FolhaPress

14/08/2019 - 06h00

Agustin Macarian/Reuters

Alberto Fernandez venceu a primeira prévia a presidente

Buenos Aires  - Após sair vencedor das eleições primárias, o candidato de oposição à Presidência da Argentina, Alberto Fernández, respondeu nesta terça-feira (13) às críticas feitas contra ele pelo presidente Jair Bolsonaro.

Em entrevista ao programa de TV argentino Corea del Centro, o oposicionista disse que o presidente brasileiro é um "um racista, um misógino e um violento que é a favor da tortura". E acrescentou: "que alguém assim fale mal de mim é algo que eu celebro".

O argentino defendeu ainda o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva e afirmou que gostaria de dizer a Bolsonaro que "Lula deveria estar livre para poder concorrer a uma eleição com ele".

Fernández citou ainda o ministro da Justiça, Sergio Moro: "como posso acreditar na sentença de um juiz que depois vira ministro do candidato que era rival de Lula?".

Ler matéria completa