Bauru e grande região

 
Internacional

Sob novos surtos, Europa reduz a lista de países com entrada liberada

por FolhaPress

01/08/2020 - 05h00

Borja Puig de la Bellacasa

 A União Europeia tirou Argélia, Montenegro e Sérvia da lista de países para a qual recomenda a abertura de fronteiras externas. Em vez de 14 nações, a relação agora tem apenas 11: Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Geórgia, Japão, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Tailândia, Tunísia e Uruguai.

No caso da China, a entrada de viajantes dependerá do princípio da reciprocidade: a permissão será dada aos países cujos residentes tenham entrada autorizada na nação asiática.

O Reino Unido, que até o final deste ano está em fase de transição do Brexit, foi considerado para essa decisão como membro da UE. Andorra, Mônaco, San Marino e Vaticano também terão entrada liberada de acordo com a recomendação, que valeria a partir desta sexta (31).

A relação de países é revisada periodicamente e se refere às viagens consideradas não essenciais, como as de turismo. Há exceções para vários casos.

Ler matéria completa