Bauru e grande região

 
Internacional

Bahrein e Israel vão selar acordo de paz

Bahrein normaliza relações com Israel anuncia Donald Trump em dia de homenagens em monumentos do 11 de setembro

por FolhaPress

12/09/2020 - 05h00

Em Nova York: flores no Memorial das Torres Gêmeas

Washington - O presidente dos EUA, Donald Trump, e o premiê israelense, Binyamin Netanyahu, anunciaram nesta sexta (11) que o Bahrein, país árabe de pouco mais de 1 milhão de habitantes, concordou em normalizar relações diplomáticas com Israel, semanas após os Emirados Árabes Unidos anunciarem acordo semelhante. A negociação foi finalizada por telefone, em uma ligação entre Trump, Netanyahu e o rei do Bahrein, Hamad bin Isa Al Khalifa.

Para o premiê israelense, o acordo "trará uma nova era de paz". "Por muitos longos anos, investimos na paz, e agora a paz vai investir em nós", disse Netanyahu em vídeo.

Em comunicado conjunto, os três países disseram que o acordo é "um avanço histórico no processo de paz no Oriente Médio". "Diálogo e relações diretas entre estas duas sociedades dinâmicas e economias avançadas vai progredir a transformação positiva do Oriente Médio e aumentar estabilidade, segurança e prosperidade na região", disse o comunicado.

Em 13 de agosto, os Emirados Árabes Unidos chegaram a um acordo semelhante para normalizar relações com Israel. Em troca, Netanyahu concordou em suspender temporariamente a anexação de território palestino na Cisjordânia, ação considerada ilegal pelas Nações Unidas.

11 de setembro

O acordo será assinado em 15 de setembro na Casa Branca, local que ontem recebeu homenagem aos mortos no 11 de setembro, dia do 19o. aniversário dos ataques terroristas ao País. Trump fez o anúncio antes de ir para o campo da Pensilvânia, onde discursou em uma cerimônia no Memorial Nacional do Voo 93, local onde um dos aviões sequestrados caiu.

Joe Biden, candidato à presidência pelos democratas e sua esposa Jill, compareceram a uma cerimônia matutina na parte sul de Manhattan, em Nova York, onde sequestradores da Al Qaeda lançaram dois aviões contra as torres gêmeas do World Trade Center. O vice-presidente republicano Mike Pence também estava presente na ocasião.

Ao todo, quase 3 mil pessoas morreram nos ataques de 11 de setembro de 2001, que ainda incluíram um quarto avião sequestrado que se chocou contra o Pentágono, nos arredores de Washington.

É o quarto

O Bahrein, nação insular localizada no golfo da Pérsia, é o quarto país árabe a reconhecer Israel. Além dos Emirados Árabes, também tem relações diplomáticas o Egito e a Jordânia, que estabeleceram embaixadas em 1980 e 1994, respectivamente.

O Bahrein, nação insular localizada no golfo da Pérsia, é o quarto país árabe a reconhecer Israel. Além dos Emirados Árabes, também tem relações diplomáticas o Egito e a Jordânia, que estabeleceram embaixadas em 1980 e 1994, respectivamente.

Ler matéria completa