Bauru e grande região

 
Internacional

Incêndios na Costa Oeste dos EUA forçam milhares a buscar abrigo

Seca crônica e ventos fortes alimentam as queimadas; mais de 25 pessoas morreram

por FolhaPress

13/09/2020 - 05h00

Ashley, 3, and Ethan, 2, look at a burned bicycle after wildfires destroyed a neighbourhood in Bear Creek, Phoenix, Oregon, U.S., September 10, 2020. REUTERS/Carlos Barria ORG XMIT: MEX

Washington - Uma série de incêndios florestais na Costa Oeste dos EUA matou mais de 25 pessoas, causou a destruição de centenas de imóveis e forçou centenas de milhares de pessoas a deixarem suas casas. E, na fronteira com o Canadá, até a cidade californiana de San Diego, na divisa com o México. Mas ainda é impossível avaliar a verdadeira extensão da destruição.

Segundo as autoridades locais, a maior parte das mortes registradas desde a segunda-feira (7) ocorreu na Califórnia. Quatro pessoas morreram no Oregon, e um bebê de um ano morreu no Estado de Washington.

O número de vítimas pode crescer à medida que as equipes de resgate avançam sobre as áreas destruídas pelo fogo. No Oregon, cerca de 500 mil pessoas, ou 10% da população do estado, foram orientadas a buscar abrigo, e outras centenas de milhares foram removidas em Washington e na Califórnia.

Os incêndios florestais avançam sobre estados da Costa Oeste dos EUA em meio a uma intensa onda de calor. Focos de chamas na região são comuns nesta época do ano devido ao clima seco, mas o fogo registrado até agora parece não ter precedentes - e o pico da temporada de incêndios ainda não chegou.

Cientistas acreditam que o aumento da intensidade dos incêndios está relacionado ao aquecimento global, que torna as temporadas de chuva e de seca mais extremas. No último final de semana, as temperaturas na parte oeste do vale de San Fernando, na Califórnia, chegaram a 49ºC.

Na Califórnia, uma série de 37 incêndios tornou-se oficialmente a maior da história do estado ao destruir uma área de 190 mil hectares. Em Washington, o governador Jay Inslee, também do Partido Democrata, afirmou que as chamas consumiram 200 mil hectares.

O Estado do Oregon é o mais atingido pelos cerca de cem incêndios que consomem a região.

Ler matéria completa