Bauru e grande região

 
Internacional

Policial é demitido após dar socos em homem negro

Divulgação de um vídeo mostra abordagem violenta no trânsito

por FolhaPress

15/09/2020 - 05h00

Divulgação

Foto mostra como ele ficou

Nova York  - Um policial branco foi demitido nesta segunda (14) após a divulgação de um vídeo no qual aparece socando o rosto de um homem negro durante abordagem na sexta (11) no estado da Geórgia, nos EUA.

Roderick Walker, 26, fazia uma viagem por meio de aplicativo de transporte junto com a namorada, Juanita Davis, o filho de 5 meses e o enteado quando o carro foi parado devido a uma lanterna traseira quebrada.

Apesar de não estar dirigindo, os agentes pediram que ele apresentasse documentos. Quando questionou a ação, os policiais ordenaram que saísse do carro, enquanto mais viaturas chegavam ao local.

No vídeo, publicado pelo advogado de direitos civis Benjamin Crump, é possível ver dois policiais brancos em cima de Walker, que diz não conseguir respirar - mesma frase dita por George Floyd, homem negro asfixiado por policial branco em Minnesota e cuja morte deu início a protestos antirracismo nos EUA.

Quando os policiais finalmente se levantam, ele está inconsciente. O homem foi algemado e preso, acusado de agressão e obstrução do trabalho policial. No vídeo, um dos oficiais diz que Walker mordeu a mão dele, o que Davis nega.

OUTRO LADO

Em anúncio nesta segunda (14), a polícia do condado de Clayton disse que o policial que agrediu Walker foi demitido por "uso excessivo de força" e que o caso será encaminhado à procuradoria do condado.

Preso

Walker ainda está preso. A polícia diz que há um mandado em aberto contra ele por violência doméstica contra crianças, posse de arma ilegal e por perder uma audiência com um juiz. Seu advogado, Shean Williams, acusa a corporação de forjar as acusações para justificar a abordagem violenta. A advogada de direitos civis Kristen Clarke publicou uma foto da vítima após a agressão.

Ler matéria completa