Bauru e grande região

 
Internacional

Mortes aumentam nos EUA em 2020

Estudo do governo aponta registro de 300 mil mortes a mais e boa parte por Covid

por FolhaPress

22/10/2020 - 05h00

Nova York  - Relatório do CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças, na sigla em inglês) publicado nesta terça-feira (20) estima que de 26 de janeiro a 3 de outubro de 2020 ocorreram 299.028 mortes a mais nos EUA do que a média de 2015 a 2019, considerando o mesmo intervalo de meses.

Dessa cifra, segundo o órgão, dois terços dos óbitos teriam sido causados diretamente pela Covid-19.

Os latinos registraram o maior crescimento no número de mortes neste ano, 53,6%. Asiáticos e negros vêm na sequência, com alta de 36,6% e 32,9%, respectivamente. Já indígenas tiveram crescimento de 28,9% no quesito. Entre brancos, o crescimento foi consideravelmente menor, com 11,9%.

"Esse acréscimo desproporcional é consistente com as disparidades observadas na letalidade da Covid-19", afirma o relatório. Antes, o CDC já havia publicado estudos mostrando como desigualdades sociais e econômicas deixavam esses grupos em situação mais vulnerável.

O documento indica ainda que o maior aumento de mortes aconteceu em adultos com idades entre 25 e 44 anos (26,5%).

Ler matéria completa