Bauru e grande região

Internacional

Bolsonaro cumprimenta Biden e diz que enviou carta

Presidente dos EUA, em coletiva de imprensa, diz que ex-presidente Donald Trump deixou uma carta

por FolhaPress

21/01/2021 - 05h00

Brasília - No dia da posse de Joe Biden como novo líder dos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro cumprimentou o americano e disse que lhe enviou uma carta expondo um "excelente futuro para a parceria Brasil-EUA".

"Cumprimento Joe Biden como 46º Presidente dos EUA. A relação Brasil e Estados Unidos é longa, sólida e baseada em valores elevados, como a defesa da democracia e das liberdades individuais. Sigo empenhado e pronto para trabalhar pela prosperidade de nossas nações e o bem-estar de nossos cidadãos", escreveu o presidente no Twitter.

"Para marcar essa data, enderecei carta ao Presidente dos EUA, Joe Biden, cumprimentando-o por sua posse e expondo minha visão de um excelente futuro para a parceria Brasil-EUA".

O democrata, segundo presidente católico na história do país, jurou sobre a Bíblia, como é tradição nos EUA, diante do presidente da Suprema Corte americana, John Roberts. A cerimônia não contou com a presença de Trump - o republicano não aceitou totalmente sua derrota e se tornou o quarto presidente da história do país a não comparecer à posse do sucessor, o que não acontecia há 152 anos.

Em seu último dia no cargo, o presidente Donald Trump deixou Washington na manhã desta quarta-feira (20), em clima de campanha. Ele fez um discurso para apoiadores ao lado do Air Force One, no qual disse adeus e prometeu "voltar de algum jeito".

Na porta do avião, Trump acenou pela última vez como presidente ao som de "Y.M.C.A.", um dos vários hits dos anos 1980 usados em seus comícios eleitorais

CARTA NA GAVETA

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou em coletiva de imprensa que o ex-presidente Donald Trump deixou uma carta "muito generosa" para ele em uma gaveta do Salão Oval, seu novo escritório na Casa Branca. O conteúdo, porém, não foi revelado.

A "carta na gaveta" é uma tradição da política americana nas transições de poder entre presidentes. Contudo, como Trump sequer compareceu à posse de Biden, havia a suspeita de que ele pudesse romper com mais esse protocolo, hipótese agora descartada por Biden.

MOURÃO

O vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, afirmou que a relação do Brasil com os Estados Unidos vai prosseguir independente da mudança no comando do Executivo norte-americano. Segundo ele, os EUA são importante parceiro comercial e o "modelo democrático americano é um farol para o mundo ocidental".

Ler matéria completa