Bauru

Internacional

Rússia e China ampliam sua cooperação militar

Acordo visa conter os EUA e seus aliados

por FolhaPress

25/11/2021 - 05h00

Moscou - Em meio à crise em torno da Ucrânia e à perene tensão entre Pequim e Washington no Oriente, a Rússia de Vladimir Putin e a China de Xi Jinping assinaram uma ampliação em sua cooperação militar visando conter os EUA e seus aliados.

Não se trata de uma aliança de fato, mas ambos os países concordaram em expandir seus exercícios estratégicos e patrulhas aéreas em toda a região do Indo-Pacífico. Além disso, foi renovado acordo para que russos auxiliem chineses a monitorar lançamentos de mísseis nucleares contra seu território.

O movimento ocorre no momento em que a turbulência no Leste Europeu cresce dia a dia. Nesta quarta (24), tanto o Kremlin quanto Kiev iniciaram exercícios militares em meio a acusações mútuas de provocações contra os EUA.

Recentemente, russos e chineses fizeram manobras navais destinadas a alertar contra o crescente belicismo do Japão, aliado vital dos EUA no Indo-Pacífico.

Ler matéria completa

×