Bauru

Internacional

Realizado transplante de coração de porco em humano

Operação pioneira foi realizada em Maryland, nos EUA

por Estadão Conteúdo

12/01/2022 - 05h00

Divulgação

Equipe médica da Universidade de Maryland no momento em que a cirurgia é realizada

Nova York - Médicos americanos realizaram, pela primeira vez, o transplante de um coração de porco geneticamente modificado para um ser humano. O paciente tem 57 anos e passa bem. O procedimento inédito foi realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Maryland.

O transplante demonstrou que um coração de animal geneticamente modificado pode funcionar no lugar de um humano sem rejeição imediata pelo corpo. "O paciente segue sendo monitorado para que se possa definir se o procedimento, de fato, traz benefícios que salvam vidas", informou a equipe médica.

O paciente, David Bennett, havia sido considerado inelegível para um transplante de coração convencional. "Era morrer ou fazer esse transplante. Eu quero viver. Eu sei que é um tiro no escuro, mas é minha última escolha", disse Bennett um dia antes da cirurgia.

A Food and Drug Administration (FDA), concedeu autorização de emergência para a cirurgia na véspera de Ano Novo.

Ler matéria completa

×