Bauru

Internacional

EUA chegam a 1 milhão de mortos por Covid-19

Coreia do Norte confirma caso e fala em "grave emergência"

por FolhaPress

13/05/2022 - 05h00

Washington - Um milhão de pessoas já morreram por Covid nos Estados Unidos desde o começo da crise, anunciou a Casa Branca nesta quinta-feira (12). Entre fevereiro e maio, 100 mil americanos morreram em decorrência da doença. O dado é deste ano, mas poderia ser de 2020: são 100 mil vidas perdidas pela doença a cada três meses nos EUA, em média. Trata-se do país com o maior número de óbitos registrados devido à Covid em todo o mundo. O Brasil vem em segundo lugar nesse ranking, com 664 mil vítimas, seguido pela Índia, com 524 mil.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) contabiliza um total de 5,4 milhões de mortes por Covid-19 em dois anos. A marca de 1 milhão foi divulgada pelo governo americano numa declaração na qual o presidente Joe Biden disse lamentar as perdas. "Um milhão de cadeiras vazias na mesa de jantar. Cada uma delas é uma perda irreparável. Jill e eu estamos orando por cada uma delas", disse o democrata no comunicado.

COREIA DO NORTE

A Coreia do Norte confirmou de forma oficial nesta quinta-feira (12), ainda noite de quarta (11) no Brasil, os primeiros casos de Covid-19 no país desde o começo da pandemia.

A mídia estatal KCNA informou que as autoridades detectaram um surto ligado à subvariante BA.2 da ômicron, cepa mais transmissível do coronavírus e responsável por grandes picos da doença em muitos países no começo deste ano. A ditadura já fala em um quadro de "grave emergência nacional" e o líder Kim Jong-un determinou medidas de isolamento da população.

Ler matéria completa

×